Notícias » Estados Unidos

Trump rebate desabafo sobre violência policial de LeBron James o chamando de 'racista'

O atleta havia utilizado seus redes sociais para afirmar que está "cansado de ver negros mortos pela polícia

Alana Sousa Publicado em 25/04/2021, às 08h00

LeBron James em montagem ao lado de Donald Trump
LeBron James em montagem ao lado de Donald Trump - Creative Commons

Na última quarta-feira, 21, o jogador de basquete LeBron James utilizou seu Twitter para desabafar sobre a violência policial contra negros nos Estados Unidos. Dois dias depois, o ex-presidente do país, Donald Trump emitiu um comunicado em que chamou o atleta de racista.

Em sua página oficial, James havia publicado: “Estou tão cansado de ver negros mortos pela polícia (...) Minha raiva ainda está aqui pelo que aconteceu aquela garotinha. Minhas condolências pela família dela e que a justiça prevaleça!”. O comentário se referia a Ma'Khia Bryant, jovem de 16 anos morta em Ohio.

Após o desabafo, Trump, na sexta-feira, 23, emitiu uma publicação na imprensa rebatendo as críticas da lenda do esporte. Banido de grande parte das redes sociais, o ex-político escreveu a carta que foi divulgada nos veículos de mídia.

LeBron James deve se concentrar no basquete, em vez de presidir a destruição da NBA , que acaba de registrar as mais baixas avaliações da televisão em sua longa e distinta história. Suas proclamações racistas são desagradáveis, insultuosas e degradantes. Ele pode ser um grande jogador de basquete, mas não está fazendo nada para unir nosso país!”, alegou Trump.

Sobre Donald Trump

Donald Trump nasceu e cresceu no Queens, entre seus quatro irmãos. Seu pai, Fred, é descendente de imigrantes alemães, enquanto sua mãe, Mary Anne, migrou da Escócia em 1930. Na faculdade, recebeu o diploma de bacharelado em economia, pela Wharton University of Pennsylvania, em 1968.

Aos 25 anos, recebeu a empresa de imóveis e construção de seu pai. À frente da Trump Organization, Donald recebeu o título de magnata. Em 2015, anunciou sua nomeação para a presidência dos EUA pelo Partido Republicano.

Durante sua campanha, Trump usou de discursos de cunho populista e anti-imigração, sempre lembrando seu lema: “Make America great again”.

Em 2016, o republicano derrotou a democrata Hillary Clinton e se tornou o 45º Presidente dos Estados Unidos. Aos 70 anos, ele foi a pessoa mais velha a assumir o cargo.