Notícias » Estados Unidos

Trump se irrita com pedido de impeachment e teria pedido para que assessores não paguem advogado

Segundo a visão do futuro ex-presidente americano, Rudolph Giuliani é o culpado pela situação em que ele se encontra agora

Fabio Previdelli Publicado em 14/01/2021, às 12h31

O presidente americano Donald Trump
O presidente americano Donald Trump - Getty Images

Após a abertura do segundo pedido de impeachment contra seu mandato, Donald Trump teria dito a sua equipe para que os honorários advocatícios de Rudolph Giuliani não fossem pagos. A informação foi passada à CNN americana, que disse ter ouvido isso de uma fonte próxima ao assunto. 

Entretanto, não ficou claro aos assessores de Trump se a fala realmente era uma instrução a ser seguida ou foi apenas dita da boca pra fora em um momento de desabafo. Giuliani, que foi prefeito de Nova York e que hoje atua no time de advogados do republicano, tem sido alvo de críticas do mandatário americano há certo tempo.  

Na opinião de Trump, Rudolph é o culpado pela situação em que ele se encontra agora. Segundo apurado, o futuro ex-presidente americano não aceita que seus atos públicos e particulares tenham desencadeado mais um pedido de impeachment.  

Apesar dessa situação, Giuliani ainda deve continuar atuando na defensoria de Trump, entretanto, ele tem sido deixado de fora da maioria das conversas de seus advogados.  Outra pessoa que tem deixado Trump irritadiço é o deputado republicano Kevin McCarthy, que durante uma entrevista concedida ontem, 13, disse que o presidente foi o responsável pela invasão ao Capitólio no último dia 6.