Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Tubarão

Tubarão que vive no Ártico intriga especialistas após surgir em Belize

Semelhante a uma pedra lisa, o tubarão-da-groenlândia pode viver 400 anos

Redação Publicado em 28/07/2022, às 07h23

O animal encontrado em Belize - Divulgação / Devanshi Kasana
O animal encontrado em Belize - Divulgação / Devanshi Kasana

A descoberta de um espécime de tubarão do Ártico que estaria vivendo na região de Belize, na América Central, intrigou cientistas na última semana. A milhares de quilômetros de casa, o animal chamado tubarão-da-groenlândia enxerga pouco e pode viver até 400 anos.

Segundo informações do UOL, o espécime foi encontrado por Devanshi Kasana, Ph.D. candidato no laboratório de Ecologia e Conservação de Predadores da Universidade Internacional da Flórida, enquanto pesquisava sobre tubarões-tigre junto a pescadores. Nunca antes o peixe havia sido visto na região do Caribe.

Características do Somniosus pacificus

Como apontou Kasana, o animal era similar a uma pedra alongada e lisa, possuía focinho achatado e pequenos olhos de cor azulada pálida. Essas características reunidas sugeriam que a equipe estava lidando com um membro da família de tubarões "dorminhocos" (Somniosus pacificus).

Devanshi então levou suas descobertas a diversos especialistas em tubarões da Groenlândia (Somniosus microcephalus) que concordaram que, provavelmente, o animal encontrado seria de fato do Ártico ou então um híbrido entre o tubarão da Groenlândia e o tubarão do Pacífico. No entanto, os cientistas ainda não sabem como o peixe percorreu uma distância tão longa.


+O site Aventuras na História está no Helo! Não fique de fora e siga agora mesmo para acessar os principais assuntos do momento e reportagens especiais. Clique aqui para seguir.