Notícias » Tuitaço

'Tuitaço' pede fim do trabalho escravo no Brasil

Equipe do filme 'Pureza' e entidades fizeram parceria nas redes sociais para fazer alerta a sociedade

Redação Publicado em 13/05/2022, às 14h31 - Atualizado às 14h35

Imagem promocional do filme 'Pureza'
Imagem promocional do filme 'Pureza' - Divulgação

A equipe do filme 'Pureza', que será lançado em solo brasileiro, fez uma parceria com mais de 85 entidades para chamar atenção a um problema que muitos ainda ignoram: o trabalho escravo no Brasil. 

Pensando nisso, nesta sexta-feira, 13, a grande corrente contou a mobilização de entidades e internautas com o uso das hashtags '#NaoAoTrabalhoEscravo' e '#SomosTodosPureza', acompanhada por textos que apontam as gravidades da questão em solo brasileiro. 

A história de uma mãe

O filme, que será lançado em breve nos cinemas brasileiros, retrata a emocionante  história da maranhense Pureza Lopes Loyola. Em Londres, ela recebeu o Prêmio Anti-Escravidão da Anti-Slavery International.

A sua história inspira muitos desde a década de 1990, quando moveu esforços em uma incessante missão à procura de seu filho mais novo, Antônio Abel, que estava desaparecido há um mês.

No entanto, a busca pelo filho tomou proporções assustadoras quando a mãe percebeu, em meio a sua jornada pelas fazendas da região Norte do país, as condições às quais se sujeitavam muitos trabalhadores, que configura trabalho escravo. 

Pureza, que trabalhou como oleira, se tornou um grande símbolo, e passou a buscar o auxílio das autoridades para encontrar o filho e denunciou os crimes que presenciara em sua missão inspiradora. 

Confira abaixo os Tweets que resultaram na corrente.