Notícias » Europa

Túneis de bunker da Primeira Guerra são encontrados na Holanda

A descoberta revelou alguns objetos interessantes que trazem luz à situação da cidade durante o gigante conflito

André Nogueira Publicado em 29/06/2020, às 12h55

Túnel com roda
Túnel com roda - Governo de Flandres

Em meio às obras no esgoto da vila de Wijtschate, Flandres Ocidental, Holanda, foram revelados túneis de um bunker da Primeira Guerra Mundial, feitos em madeira, que eram utilizados por soldados alemães na proteção a bombardeios. A grande descoberta paralisou temporariamente as construções.

Os túneis, que levariam ao abrigo de um soldado, também se conectavam com várias construções do tipo, como domicílios menores, que ao serem escavados revelaram objetos da época, incluindo uma maca intacta e uma roda de madeira.

Estrutura / Crédito: Governo de Flandres

 

O ministro do parlamento flamengo Matthias Diependaele comentou ao portal Historiek o cenário que originou a obra: “Devido à sua localização estratégica no topo de uma colina perto de Ypres, o Wijtschate desempenhou um papel importante na longa Primeira Guerra Mundial. Após fortes combates no final de 1914, os alemães conseguiram conquistar a vila”.

“Nos anos que se seguiram, eles forneceram a vila e o topo da colina como um baluarte que não pôde ser capturado. Somente em junho de 1917, após a explosão de uma série de minas gigantescas ("a Batalha de Minas") os Aliados conseguiram conquistar a vila ".