Notícias » Arqueologia

Túneis subterrâneos da Idade Média são encontrados na Polônia

Feitas de tijolos e argamassa, as estruturas foram erguidas sob o Castelo Ducal, junto de construções da Segunda Guerra Mundial

Pamela Malva Publicado em 09/03/2021, às 08h00

Imagem do túnel medieval encontrado no castelo
Imagem do túnel medieval encontrado no castelo - Divulgação/Castelo dos duques da Pomerânia em Szczecin

Enquanto exploravam túneis subterrâneos construídos no Castelo Ducal, na Polônia,  durante a Segunda Guerra Mundial, arqueólogos fizeram uma incrível descoberta. Tratam-se de duas estruturas erguidas no período medieval, segundo a Galileu.

“Depois de conduzir uma análise inicial sobre o túnel da época da guerra, concluímos que ele tinha 270 metros de comprimento”, explicou Barbara Igielska, a diretora do castelo, durante entrevista coletiva. Grande parte da construção, contudo, tinha um aspecto diferente dos túneis já conhecidos, que foram usados no conflito mundial.

Erguidos com tijolos e argamassa, as novas contruções chamaram atenção dos arqueólogos, que resolveram verificar a sua origem. “Amostras desses elementos foram enviadas para estudo e podemos afirmar que são do período medieval”, revelou Barbara.

Agora, os especialistas devem analisar a estrutura dos túneis, a fim de avaliar se as construções são seguras, ou se foram deterioradas com o tempo — já que, segundo os especialistas, eram usadas para escoamento de água. De acordo com a diretora do castelo, todavia, a ideia é “disponibilizar os túneis para os visitantes no futuro”.

Sobre arqueologia

Descobertas arqueológicas milenares sempre impressionam, pois, além de revelar objetos inestimáveis, elas também, de certa forma, nos ensinam sobre como tal sociedade estudada se desenvolveu e se consolidou ao longo da história. 

Sem dúvida nenhuma, uma das que mais chamam a atenção ainda hoje é a dos egípcios antigos. Permeados por crendices em supostas maldições e pela completa admiração em grandes figuras como Cleópatra e Tutancâmon, o Egito gera curiosidade por ser berço de uma das civilizações que foram uma das bases da história humana e, principalmente, pelos diversos achados de pesquisadores e arqueólogos nas últimas décadas.