Notícias » Arqueologia

Túnel de fuga secreto do século 19 é encontrado em estação ferroviária na Dinamarca

“Não sabemos se o túnel se vira ou onde termina. É um mistério”, afirmou o arqueólogo envolvido na descoberta

Isabela Barreiros Publicado em 05/05/2020, às 14h36

Parte do túnel descoberto na Dinamarca
Parte do túnel descoberto na Dinamarca - Museu de Copenhague

Durante as obras realizadas estação ferroviária de Østerport, em Copenhague, na Dinamarca, foi descoberto um túnel aparentemente secreto no subsolo. Feita de madeira, a passagem mede por volta de um metro de altura e largura e possui três metros de comprimento — mas ele pode ser muito mais longo que isso.

Primeiramente, os responsáveis pela construção encontraram um pedaço de madeira, seguido de outros vários fragmentos feitos do mesmo material. Escavando cada vez mais fundo, puderam observar que aquilo, na verdade, era um caminho subterrâneo.

Crédito: Museu de Copenhague

 

“O túnel é aparentemente cortado pela muralha na estação Østerport, mas a outra extremidade continua sob Østbanegade. Não sabemos se o túnel se vira ou onde termina. É um mistério ”, explicou o arqueólogo do Museu de Copenhague, Christian Andreas Flensborg.

Os pesquisadores ainda retiraram parte da madeira encontrada para análise, que chegou à conclusão de que ela vinha de uma árvore que havia sido cortada em 1874.

Para Flensborg “é estranho que você faça um túnel que ninguém conhece. Esta construção deve ter sido secreta. Faz parte da história militar de Copenhague”.