Notícias » Europa

Turista encontra 'cofrinho' repleto de moedas dos séculos 13 e 14 na Eslováquia

Os objetos foram localizados com um detector de metal e agora são preparados para catalogação e valorização

Wallacy Ferrari Publicado em 27/10/2020, às 12h31

Algumas das moedas em melhor estado de conservação
Algumas das moedas em melhor estado de conservação - Divulgação/Facebook/ArchaeologistTiciaVerveer/25.10.2020

Enquanto realizava um escaneamento com o auxílio de um detector de metais num gramado em Piešťany, na Eslováquia, um turista localizou uma botija de barro com um furo superior, semelhante a um cofrinho, embaixo de uma árvore desenraizada. A surpresa, no entanto, ficou por conta do interior do recipiente.

Ao ser aberto, dezenas de moedas de prata datada dos séculos 13 e 14. Ao todo, os pesquisadores localizaram 147 delas, sendo posteriormente retiradas pelo departamento eslovaco de arqueologia. Também foi informado que versões falsas foram reveladas durante a descoberta. 

Algumas das moedas encontradas / Crédito: Divulgação/Facebook/ArchaeologistTiciaVerveer/25.10.2020

 

De acordo com o portal The Slovak Spectator, o Conselho de Monumentos Regionais recebeu a informação da descoberta e preparou a catalogação dos itens e seus respectivos valores, no entanto, os especialistas consideram a possibilidade de as moedas terem sido enterradas com a proteção de uma bolsa de tecido — que posteriormente se deteriorou.

Matus Sladok é especialista do departamento e concedeu uma entrevista ao postal afirmando que, mesmo com a possibilidade, foram encontrados sinais do invólucro: "Proprietários escondiam coisas, especialmente as finanças em tempos difíceis ao tentar protegê-la de inimigos ou ladrões".