Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Avalanche

Turista filmava avalanche segundos antes de ser atingido: ‘Ouvi o gelo quebrando’

Grupo de turistas visitava a cordilheira de Tian Shan, no Quirguistão, quando sofreu o acidente

Redação Publicado em 11/07/2022, às 08h19

Segundos antes da avalanche atingir turista filmando - Divulgação/Instagram/@harryshimmin
Segundos antes da avalanche atingir turista filmando - Divulgação/Instagram/@harryshimmin

Um turista britânico participava em uma visita guiada no cordilheira de Tian Shan, no Quirguistão, quando foi atingido por uma avalanche junto ao grupo de estrangeiros com quem estava. Antes de o gelo chegar nele, porém, o rapaz decidiu gravar o fenômeno.

Harry Shimmin filmou a avalanche segundos antes de ser atingido pela neve depois de se separar do grupo, composto por nove turistas britânicos e um americano, que havia acabado de chegar no ponto mais alto da caminhada.

Ele havia ido até o topo de uma falésia na cordilheira para tirar fotos da vista quando ouviu o gelo quebrando atrás dele, segundo contou nas redes sociais. As informações são do portal F5.

Enquanto eu estava tirando fotos, ouvi o som do gelo quebrando atrás de mim", disse.

Depois de ouvir o barulho, começou a gravar a avalanche chegando cada vez mais perto dele. Shimmin afirmou ainda que sabia que existia um local para abrigo nas proximidades porque eles estavam ali há pouco tempo. "Sim, deixei para o último segundo para me mover, e sim, sei que teria sido mais seguro ir para o abrigo imediatamente", confessou.

Enorme risco

A situação na qual o turista se submeteu é extremamente perigosa e ele admitiu que assumiu um grande risco, embora afirme que tenha sentido que estava no controle da situação. Ainda assim, quando foi atingido pela neve, sentiu que fosse morrer e ficou tonto.

Quando acabou, a adrenalina me atingiu com força. Eu estava coberto por uma pequena camada de neve, sem nenhum arranhão", contou.

O grupo de turistas que estava com Harry também ficou bem após o acidente, mas isso não aconteceria caso tivessem andado mais cinco minutos do trajeto. Uma mulher teve ferimentos no joelho e um homem sofreu hematomas no corpo.

"Todo o grupo estava rindo e chorando, feliz por estar vivo. Foi só mais tarde que percebemos a sorte que tivemos", relatou Harry.