Notícias » Brasil

Turista paraguaio confunde nome de rua com município e fica desaparecido por 11 dias em São Paulo

Luiz Fernando Lopes Nunez fez uma breve visita ao litoral paulista, mas errou o caminho em mais de 300 quilômetros na volta

Wallacy Ferrari Publicado em 24/10/2020, às 11h56

Luiz Fernando Lopes Nunez em fotografia na praia
Luiz Fernando Lopes Nunez em fotografia na praia - Divulgação/Facebook

O paraguaio Luiz Fernando Lopes Nunez, 21, passou por uma situação inusitada ao visitar o Brasil no início deste mês. Participando de uma excursão de 30 pessoas para a Praia Grande, o jovem se perdeu no retorno, quando se hospedaria em um hotel na capital paulista. Morador de Caaguazú, o rapaz acabou confundindo o endereço do lugar que passaria a noite com a cidade Santa Rita de Passa Quatro, pegando um ônibus para a cidade interiorana.

O endereço do hotel tem o mesmo nome do município, no entanto, está a 326 quilômetros de distância, iniciando uma operação para encontrar o turista desaparecido. Antônio Silvero, 35, foi um dos amigos que acompanhavam Luiz e afirmou ao portal G1 que o rapaz saiu sem mochila e sem celular: ”Ele não fala nada de português, só espanhol”.

O grupo de visitantes conseguiu retornar para a capital, mas notou a ausência do paraguaio e desceu ao litoral paulista, procurando o jovem nos 11 dias seguintes. Durante a investigação, os abrigos da cidade, as prisões e até mesmo o Instituto Médico Legal (IML) foi consultado para saber o paradeiro do rapaz.

A descoberta partiu da Polícia Civil, que coletou depoimentos de pessoas responsáveis pelo transporte rodoviário na Praia Grande e entendeu a confusão, acionando a Delegacia de Polícia de Santa Rita do Passa Quatro. O rapaz foi localizado em um posto de saúde e a família foi notificada para trazê-lo de volta.