Notícias » Personagem

Twitter deve chatear extrema-esquerda e extrema-direita, diz Elon Musk

A declaração foi dada pelo empresário em publicação na rede social

Redação Publicado em 28/04/2022, às 12h10

O bilionário Elon Musk
O bilionário Elon Musk - Getty Images

O bilionário Elon Muskdeclarou na última quarta-feira, 27, que o Twitter precisa chatear os extremos políticos, sejam eles de esquerda ou direita, para que a confiança do público seja conquistada. O empresário fechou, na segunda-feira, 25, um acordo de compra da rede social por US$ 44 bilhões, o equivalente a cerca de R$ 215 bilhões.

Conforme indicou o novo proprietário, mudanças nas regras da plataforma deverão ser promovidas. Musk, no entanto, não deixou claro quais serão essas alterações, segundo o portal de notícias G1.

"Para que o Twitter mereça a confiança do público, ele deve ser politicamente neutro, o que efetivamente significa chatear a extrema-direita e a extrema-esquerda igualmente", escreveu o dono da Tesla e da SpaceX.

Extrema-direita comemora

Conforme apontou a fonte, a compra da rede social por Elon Musk está sendo comemorada por personalidades estadunidenses de extrema-direita. O mesmo fenômeno tem sido observado no Brasil entre bolsonaristas, tendo em vista as promessas de maior liberdade de expressão na plataforma.

"Por 'liberdade de expressão', quero dizer simplesmente o que está de acordo com a lei", destacou o magnata, que chegou a criticar o banimento de Donald Trump do Twitter. "Sou contra a censura que vai muito além da lei", disse ele no último dia 26.

A Comissão Europeia, contudo, alertou que, mesmo com a mudança no comando, a empresá deverá seguir as leis digitais do bloco voltadas à proteção dos direitos fundamentais na internet.