Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Rússia

Ucrânia alega que ataque a escola foi realizado pela Rússia

O governo ucraniano informou que um jardim de infância foi atingido pelo ataque russo, que não causou mortes

Redação Publicado em 17/02/2022, às 11h50

Presidente ucraniano Volodymyr Zelensky durante discurso - Getty Images
Presidente ucraniano Volodymyr Zelensky durante discurso - Getty Images

O governo da Ucrânia declarou que uma escola de jardim de infância foi atingida por um ataque russo na manhã desta quinta-feira, 17, na cidade de Luhansk, no leste do país. A região é dominada por rebeldes.

As autoridades informaram que não houveram mortes em decorrência da investida, mas, dois adultos tiveram concussões. Em imagens repercutidas pela imprensa ucraniana, é possível observar um buraco na parede e destroços no local.

"Vimos um aumento na quantidade de bombardeios e no calibre dos projéteis usados, mas a situação está sob controle", afirmou o porta-voz das forças armadas da Ucrânia, Pavlo Kovalchuk ao site Sky News.

Segundo Kovalchuk, o ataque aconteceu às 9h05, em horário local, por membros de uma ocupação russa na região. A investida teria causado danos a outras infraestruturas da cidade fora o colégio em questão.

O porta-voz acrescentou que as forças armadas da Ucrânia não começaram o bombardeio nos territórios em que estão os grupos separatistas apoiados pelo governo russo. "Estamos seguindo o Acordo de Minsk", disse.

Nas redes sociais, o ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, escreveu que Luhanska "foi bombardeada com armas pesadas do território ocupado de Donbas [nome da região do leste composta por Donetsk e Luhansk]. A infraestrutura civil foi danificada".

"Pedimos a todos os parceiros que condenem rapidamente esta grave violação dos acordos de Minsk pela Rússia em meio a uma situação de segurança já tensa”, completou.