Notícias » Ucrânia

Ucrânia deve mudar nomes de ruas ligados à Rússia

Ruas, avenidas e estações de metrô que homenageiam personalidades russas serão renomeados

Redação Publicado em 28/04/2022, às 13h39

Ucranianos protestam contra a guerra, em Kiev
Ucranianos protestam contra a guerra, em Kiev - Getty Images

A Câmara Municipal de Kiev deverá renomear 467 ruas, avenidas e estações de metrô, que fazem referência a personalidades da Rússia e de Belarus, entre escritores, artistas e cientistas.

Segundo o governo, a praça Leon Tolstói, a qual homenageia o escritor do século 19, e também a rua Dostoiévski, que faz referência ao grande romancista Fiódor Dostoiévski, estão entre as localidades que deverão mudar de nome.

Ruas hoje conhecidas como Moscou, São Petersburgo, Bielorrusia e Minsk também farão parte das mudanças.

Conforme informações do UOL, os novos nomes deverão ser escolhidos a partir de sugestões dos moradores de Kiev, as quais poderão ser encaminhadas até o dia 1º de maio.

"Uma votação de classificação será realizada posteriormente, pois são os moradores que devem determinar os novos nomes para as instalações da cidade", disse o vice-prefeito da cidade, Volodymyr Bondarenko.

"Durante a invasão russa em grande escala que levou ao genocídio do povo ucraniano, devemos nos livrar de todos os topônimos associados a figuras e eventos soviéticos, russos e bielorrussos. Cada um de nós deve perceber que não somos 'povos fraternos' -a Ucrânia tem sua própria história, seus próprios heróis e suas próprias tradições antigas", declarou Bondarenko.

Cicatrizes 

O prefeito de Kharkiv, Ihor Terekhov, comentou o tema por meio de publicação no Facebook e afirmou que também apresentará um projeto para renomear locais da cidade associados à Rússia.

Ele ressaltou, no entanto, que "mesmo sem esses nomes, haverá muitas cicatrizes que nos lembrarão por muito tempo sobre que tipo de vizinho está além de nossas fronteiras leste e norte".