Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Mundo

Ucrânia: Em meio à guerra, país inaugura sua primeira ‘escola bunker’

A estrutura fortificada, construída a seis metros de profundidade em Kharkiv, recebeu seus primeiros alunos nesta semana

Escola ucraniana improvisada em estação de metrô - Getty Images
Escola ucraniana improvisada em estação de metrô - Getty Images

Nesta segunda-feira, 13, a primeira escola subterrânea da Ucrânia abriu suas portas em Kharkiv, a segunda maior cidade do país. O local de ensino para crianças foi pensado em razão da guerra contra a Rússia, que se estende por mais de dois anos. 

Conforme repercutido pela CNN Brasil, com informações da Reuters, a escola, localizada a seis metros de profundidade, irá acomodar 900 alunos em dois turnos. Os pais e professores esperam que a “escola bunker” sirva de abrigo durante os ataques diários de mísseis e drones, sem precisar interromper as atividades educacionais. 

Kharkiv, localizada na fronteira com a Rússia e com uma população de cerca de 2,5 milhões de pessoas, enfrenta frequentes ataques de mísseis russos, drones e artilharia. Como medida de segurança, as escolas na área foram obrigadas a adotar o ensino online após a invasão russa em fevereiro de 2022.

Esperança

Marina Prikhodko, mãe de duas crianças, afirmou que seus filhos aguardavam ansiosamente o primeiro dia de aula na nova escola: “Minha filha mais velha, uma aluna da terceira série, mal podia esperar para vir aqui, vestir-se para a ocasião, conhecer seus amigos que ela perdeu muito”.

Para meu filho, que está na primeira série, é como um dia festivo, uma chance de conhecer seus colegas de classe na vida real, não online, brincar com eles”, acrescentou Marina em entrevista à Reuters.

O prefeito de Kharkiv, Ihor Terekhov, anunciou que a construção escola subterrânea fortificada foi projetada para resistir a ataques diretos e equipada com todos os recursos necessários para o ensino, possibilitando o retorno seguro das crianças às aulas presenciais. 

Além disso, ele revelou que as autoridades municipais estão planejando pelo menos mais três instituições de ensino subterrâneas com as mesmas características de segurança.