Notícias » Ucrânia

Ucrânia estima rombo de US$ 500 bilhões na economia após invasão russa

O prejuízo causado pela invasão russa já possui planos de restauração econômica para superar o déficit

Redação Publicado em 16/03/2022, às 09h43

Ucranianos deixando país durante a guerra
Ucranianos deixando país durante a guerra - Getty Images

O governo da Ucrânia já começa a recolher os cacos de sua economia após a invasão das Forças Armadas da Rússia; a estimativa do governo em relação a perda financeira em menos de um mês de guerra foi de mais de US$ 500 bilhões (aproximadamente R$ 2,5 bilhões na cotação atual) desde 24 de fevereiro, quando o conflito foi oficializado.

A informação foi divulgada internacionalmente pela agência de notícias Interfax, que acrescentou alguns dos planos de membros do governo ucraniano para a recuperação econômica. De acordo com o presidente Volodymyr Zelensky, os planos serão desenvolvidos sob medida para cada uma das cidade que foram alvo da invasão.

Dessa forma, o desenvolvimento respeitará características municipais, como explicou o líder em mensagem de vídeo transcrita pela Interfax: “Chernihiv e Sumy, Akhtyrka e Zhytomyr, Izyum, Mariupol e todas as cidades onde o mal veio não verão um traço da invasão russa. [...] Os melhores arquitetos. As melhores empresas. As melhores projetos. Para cada cidade!".

O primeiro-ministro ucraniano, Denys Shmyhal, acrescentou detalhes sobre o plano de restauração econômica: "E, de fato, esses são os recursos que serão necessários para restaurar nosso Estado - tanto às custas do repatriamento da Federação Russa, quanto às custas de nossos parceiros - para que a Ucrânia se recupere e se torne o mesmo que antes da guerra", concluiu.