Notícias » Espanha

Última estátua de ex-ditador espanhol é retirada das vias públicas

A ação segue uma lei do ano de 2007 que determina a remoção de todos os símbolos ligados à ditadura

Giovanna Gomes, sob supervisão de Fabio Previdelli Publicado em 24/02/2021, às 08h12

Francisco Franco em foto colorida
Francisco Franco em foto colorida - Getty Images

A última terça-feira, 23, foi um dia histórico para a população espanhola. A única estátua do ex-ditadorFranciscoFrancoque ainda restava foi finalmente retirada dos portões da cidade de Melilla, território espanhol localizado no noroeste africano. De acordo com a UOL, a ação ocorreu conforme uma lei de 2007, que determina a remoção de todos os símbolos ligados à ditadura.

Na ocasião, trabalhadores utilizaram uma escavadeira mecânica para demolir o concreto sobre o qual ficava o monumento datado de 1978. Em seguida, este foi embalado em um plástico e retirado por meio de uma caminhonete.

A estátua era uma homenagem a Franco, mais especificamente às suas ações como comandante da Legião Espanhola durante a Guerra do Rife nos anos 1920. Na época,  Espanha e França se uniram militarmente contra tribos Berberes que habitavam a região do Rife, no Marrocos.

"Este é um dia histórico para Melilla", declarou Elena Fernández Trevino, encarregada da Educação e Cultura, após a votação que aprovou a retirada da estátua. Apenas um partido votou contra, o Vox, que é considerado de extrema-direita. Este último utilizou o argumento de que não se tratava de uma celebração da ditadura, mas sim do papel militar do general, que teria sido importante para os espanhóis.