Notícias » Holocausto

UNESCO alerta sobre negacionismo do Holocausto no TikTok

Plataforma possui diversos conteúdos que distorcem o episódio ocorrido na Segunda Guerra Mundial

Fabio Previdelli Publicado em 31/01/2022, às 10h46

Judeus do campo de concentração de Auschwitz
Judeus do campo de concentração de Auschwitz - Getty Images

Segundo um levantamento divulgado pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), conteúdos negacionistas ou que distorcem os acontecimentos sobre o Holocausto vem crescendo no TikTok.

De acordo com a entidade, a cada cinco vídeos publicados na plataforma, entre um e dois (17% para ser mais exato) se dedicam a publicar desinformação sobre o episódio histórico da Segunda Guerra Mundial.

Outro dado preocupante, este apontado pelo Centre for Countering Digital Hate, é de que 84% do conteúdo antissemita publicados em redes sociais receberam autorização para continuarem a serem exibidos nas plataformas. 

Para combater isso, a UNESCO se uniu ao TikTok em uma campanha de informação. Desta forma, sempre que um usuário pesquisar termos como “vítimas do Holocausto” ou “sobreviventes do Holocausto”, um banner aparecerá sugerindo que o usuário acesse o site About Holocaust — criado pela ONU em parceria com o Congresso Judaico Mundial (CJM), que disponibiliza o conteúdo em em 19 línguas diferentes. 

A ação foi inserida na plataforma desde a última quinta-feira, 17 de janeiro, data que marca a Libertação de Auschwitz e passou a ser considerada o Dia Mundial em Memória às Vítimas do Holocausto.