Notícias » Mundo

Ursa que sofria maus-tratos na Ucrânia tem recomeço na Holanda

Kiryusha, que foi abandonada durante a guerra, viveu durante 24 anos em condições nada adequadas

Redação Publicado em 12/04/2022, às 13h56

A ursa resgatada
A ursa resgatada - Divulgação / Ouwehands Dierenpark Rhenen

Uma ursa parda que foi maltratada por quase duas décadas e, recentemente, foi abandonada por seu dono em meio à guerra na Ucrânia, dará início a uma nova vida em um zoológico na Holanda.

"No fim de semana, a Fundação Bears in Mind foi buscar uma ursa parda na Ucrânia que esteve vivendo em condições lamentáveis há 18 anos", disse o zoológico da cidade de Rhenen, em comunicado.

De acordo com a agência de notícias AFP, a instituição comunicou que a situação de Kiryusha, como é chamado o animal de 24 anos de idade, se deteriorou durante o conflito e que a equipe fez o possível para retirá-la da zona de guerra o mais breve possível.

Conforme informou a fonte, a ursa passou os primeiros anos de sua vida fazendo shows em um circo e, posteriormente, foi transferida para um hotel onde ficava um acampamento infantil. Lá, Kiryusha teve de ficar em uma pequena jaula onde mal conseguia se mexer. Tudo piorou, porém, quando seu dono teve que deixá-la para lutar na guerra.

Ingrid Vermeulen, quem é diretora da Bears in Mind, declarou que, assim que chegar à Holanda, Kiryusha terá de cumprir um período de quarentena. Terminada essa etapa, ela poderá viver em um bosque junto a outros ursos que também foram resgatados.