Notícias » Arqueologia

Valioso selo do Egito Antigo é encontrado na Turquia

Arqueólogos localizaram o objeto que remonta a 18ª Dinastia da civilização de Cleópatra

Alana Sousa Publicado em 07/01/2021, às 12h20

Selo egípcio encontrado na Turquia
Selo egípcio encontrado na Turquia - Divulgação/Ekber Türkoğlu

Segundo informações da Agência Anadolu, da Turquia, arqueólogos encontraram um raro selo egípcio em uma cidade do Mar Negro, chamada Comana Potica. A escavação no local histórico ainda revelou vestígios de casas, igrejas e cemitérios.

“Alcançamos novas descobertas durante as escavações em 2020. Talvez a mais interessante delas veio do Egito. Na forma de um inseto escaravelho com hieróglifos, em outras palavras, um amuleto ou selo, foi registrado como um achado muito importante relacionado a Relações internacionais de Comana”, relatou Burcu Erciyas, chefe da expedição e arqueólogo da Middle East Technical Universidade.

Pesquisadores trabalham no local desde 2004, mas foi apenas em 2020 que relevantes descobertas foram feitas. Datado da 18º dinastia do Egito Antigo, que remonta aos anos de 1550 a.C. e 1295 a.C, o objeto é um dos milhares que estampa o escaravelho — um importante símbolo para a cultura egípcia.

Após entregar o item ao Museu Tokat, na Turquia, os especialistas continuarão a investigar a cidade milenar, que um dia já foi um centro comercial e cultural, atraindo visitantes de diferentes partes da Anatólia.

Sobre arqueologia

Descobertas arqueológicas milenares sempre impressionam, pois, além de revelar objetos inestimáveis, elas também, de certa forma, nos ensinam sobre como tal sociedade estudada se desenvolveu e se consolidou ao longo da história. 

Sem dúvida nenhuma, uma das que mais chamam a atenção ainda hoje é a dos egípcios antigos. Permeados por crendices em supostas maldições e pela completa admiração em grandes figuras como Cleópatra e Tutancâmon, o Egito gera curiosidade por ser berço de uma das civilizações que foram uma das bases da história humana e, principalmente, pelos diversos achados de pesquisadores e arqueólogos nas últimas décadas.