Notícias » Personagem

Vanessa Williams, primeira Miss América negra, recebeu ameaças de morte e viveu escândalo

A cantora e atriz americana recebeu o título há exatos 38 anos

Redação Publicado em 18/09/2021, às 10h00

Vanessa Williams em 2021
Vanessa Williams em 2021 - Divulgação/Vídeo e Getty Images

No dia 17 de setembro de 1983, a então estudante de Artes Cênicas nova-iorquina Vanessa Lynn Williams, foi eleita Miss América, tornando-se a primeira mulher negra a receber o título.

Porém, sua vitória não agradou a todos e a jovem, então com vinte anos, passou a receber ameaças de pessoas que, por motivos racistas, não a aceitavam e desejavam que uma americana branca tivesse ganhado o concurso de beleza

Wiliams comentou sobre esses episódios em entrevista ao canal do Youtube "The Fat Joe Show" no ano de 2020, e abordou um pouco sobre os desafios ao longo de sua trajetória.

"Eu ganhei [Miss Syracuse], Miss New York State e Miss America em seis meses, então eu fui do meu primeiro ano [na Syracuse University] para, de repente, ser a primeira Miss America negra em 1983. E eu recebi ameaças de morte porque estamos falando de 37 anos atrás", afirmou Vanessa.

Vanessa em 1984 / Crédito: Domínio público / Bernard Gotfryd

 

"Muitas pessoas não gostam de ser confrontadas com a diversidade, e eu era o símbolo disso, então tive que provar que era inteligente o suficiente. Eu era talentosa o suficiente", declarou a mulher.

Desistindo da coroa

No entanto, quando o final do reinado de Williams já estava se aproximando, ela se deparou com uma grande polêmica que a fez desistir de vez do título.

O que aconteceu foi que uma série de fotos íntimas, nas quais a miss aparecia nua, foi publicada pela revista Penthouse sem sua autorização prévia. Segundo ela, as fotografias foram tiradas no ano de 1982, mas até então não haviam sido divulgadas.

Vanessa é cantora e atriz / Crédito: Getty Images

 

"Depois de ser Miss América, tive um problema com algumas fotos que eu tinha feito, que não tiveram um lançamento e foram vendidas nas minhas costas. Seis semanas antes de terminar meu ano [como Miss América], pedi demissão", disse a americana.

Carreira de atriz

Apesar da polêmica, depois desse capítulo um tanto conturbado, a nova-iorquina decidiu investir em sua carreira como atriz, destacando-se com seus personagens em filmes e programas de televisão como "Ugly Betty", "No Ritmo da Dança", "Queima de Arquivo" e "Desperate Housewives".

A primeira miss americana negra / Crédito: Getty Images

 

"Nunca quis ser uma rainha da beleza - e, claro, nunca quis ser uma rainha da beleza escandalizada. Teve muito julgamento desde muito jovem contra mim”, revelou a artista durante a entrevista.

“Eu ouvi muitos nãos, e todas as pessoas pensaram que eu simplesmente iria desaparecer. E eu pensei: ‘Assim que a poeira baixar, você saberá quem eu realmente sou’. E é assim que vivo minha vida”, declarou Vanessa.


+Saiba mais sobre Hollywood em grandes obras disponíveis na Amazon:

Hollywood: 131, de Charles Bukowski (1998) - https://amzn.to/2UXDWKe

Cenas de uma revolução: o nascimento da nova Hollywood, de Mark Harris (2011) - https://amzn.to/3c6gqAr

O pacto entre Hollywood e o nazismo: Como o cinema americano colaborou com a Alemanha de Hitler, de Ben Urwand (2019) - https://amzn.to/2ViwOqO

Hollywood Babylon: The Legendary Underground Classic of Hollywood's Darkest and Best Kept Secrets (Edição Inglês), de Kenneth Anger (1981) - https://amzn.to/2RurMWU

O livro do cinema, de Vários autores (2017) - https://amzn.to/2VeOS52

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W