Notícias » Coronavírus

Variante ômicron de covid-19 já foi registrada em todos os continentes

A nova cepa do coronavírus foi classificada pela OMS como “preocupante”

Isabela Barreiros Publicado em 29/11/2021, às 11h09

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Pixabay

A nova variante de covid-19 batizada de ômicron, identificada primeiramente na África do Sul, já foi registrada em todos os continentes. O Canadá se tornou o primeiro país das Américas a ter uma pessoa infectada no último domingo, 28.

Mais de 10 países ao redor do mundo confirmaram até agora ao menos um caso da cepa ômicron do novo coronavírus entre suas populações, segundo informações do portal g1. 

O virologista Tulio de Oliveira, diretor do Centro para Resposta Epidêmica e Inovação da África do Sul, foi o responsável por detectar a variante pela primeira vez no país. No continente, ela também foi registrada na Botsuana.

Na Ásia, Israel e Hong Kong têm casos; na Europa, Alemanha, Bélgica, Dinamarca, Holanda, Itália, Reino Unido e República Tcheca já tiveram registros de infectados entre suas populações; e a Oceania também detectou presença da cepa.

Na última sexta-feira, 26, a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou a variante ômicron como “preocupante”. Países começaram a fechar suas fronteiras aéreas para evitar a propagação do vírus, incluindo o Brasil.

De acordo com o virologista responsável por sua identificação, a cepa possui 50 mutações, o que não havia sido observado antes, carregando uma "constelação incomum de mutações", o que a torna muito diferente" do que já foi visto.