Notícias » Entretenimento

Vender catálogo de músicas é ‘sinal de que você envelheceu’, diz Keith Richards

O músico opinou sobre artistas que comercializam toda a sua obra para fundos de investimentos

Redação Publicado em 16/03/2022, às 09h15

O guitarrista Keith Richards
O guitarrista Keith Richards - Getty Images

Keith Richards, lendário guitarrista dos Rolling Stones, recentemente deu sua opinião sobre a venda de catálogo de músicas de artistas para fundos de investimentos. Para o músico, a ação é feita apenas por artistas que já envelheceram.

Em entrevista no último domingo, 13, ao programa Sunday Morning, do canal americano CBS, Richards foi questionado se a banda poderia vender toda a sua obra, como inúmeros artistas, o que ele negou.

Mick [Jagger] e eu não falamos sobre isso seriamente. Não sei se estamos prontos para vender nosso catálogo. Podemos trabalhar ele mais um pouco, colocar mais algumas coisas”, explicou o guitarrista.

“Você só pensa em vender seu catálogo quando… há um sinal de que você envelheceu”, acrescentou.

Ainda durante a entrevista, perguntado sobre quanto tempo permaneceria ativo na indústria da música, ele também falou que evita pensar sobre o final de sua carreira, agora já aos 78 anos.

“Se eu fizesse isso, não chegaria a uma resposta e estaria sempre pensando nisso… Amanhã? 5 de julho de 2025? Você não pode fazer isso. Eu devo descobrir da maneira mais difícil”, afirmou.