Notícias » Venezuela

Venezuela oferece apoio para Manaus e informa que irá enviar oxigênio

O ministro das Relações Exteriores, Jorge Arreaza, afirmou que deve “disponibilizar imediatamente o oxigênio necessário” para ajudar na crise causada pelo alto número de pacientes internados com Covid-19

Redação Publicado em 15/01/2021, às 09h56

Imagem meramente ilustrativa de um cilindro de oxigênio
Imagem meramente ilustrativa de um cilindro de oxigênio - Divulgação/Samuel Ramos/ Unsplash

De acordo com informações publicadas na noite de ontem, 14, pelo UOL, através das redes sociais, o ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, anunciou que o país deve auxiliar no combate ao colapso nos hospitais em Manaus. Segundo o ministro, a Venezuela deve enviar cilindros de oxigênio para o município amazonense.

"Por instruções do presidente Nicolás Maduro, conversamos com o governador do estado do Amazonas, Wilson Lima, para disponibilizar imediatamente o oxigênio necessário para atender o contingente de saúde em Manaus. Solidariedade latino-americana acima de tudo!”, escreveu Arreaza em seu Twitter.

 

A crise nos hospitais de Manaus acontece em decorrência do aumento significativo de casos de infecção de Covid-19, que consequentemente, aumentou o número de pacientes internados, causando a falta de equipamentos básicos, como os cilindros de oxigênio, e a superlotação dos leitos.

Muitos pacientes tiveram que ser enviados para outras localidades para realizarem o tratamento contra o vírus. De acordo com as últimas informações divulgadas pelos órgãos de saúde, atualmente Manaus registra 2.516 mil novos casos de coronavírus, esse é o maior número já registrado no local desde o início da pandemia, em março de 2020.