Notícias » Astronomia

Vida extraterrestre? Sinal de rádio mais consistente desde 1977 leva cientistas a fazerem especulações

A frequência peculiar vinda do espaço foi detectada em 2019, todavia sua origem exata não pôde ser determinada

Ingredi Brunato Publicado em 21/12/2020, às 14h00

Imagem mostrando o telescópio australiano que captou o sinal
Imagem mostrando o telescópio australiano que captou o sinal - Divulgação/ CSIRO / PR IMAGE

Em abril do ano passado, o telescópio Parkes, na Austrália, detectou um feixe de rádio vindo do espaço. Após mais de um ano de investigações, os cientistas ainda não conseguiram descobrir o que causou o sinal, e as esperanças de encontrar vida extraterrestre foram reacendidas. As informações foram divulgadas pelo The Guardian. 

O artigo oficial da equipe trabalhando no projeto (que se chama “Breakthrough Listen”) ainda não foi publicado, todavia, pelo que se sabe até agora, o sinal de rádio teve origem em algum ponto ao redor da Proxima Centauri, que é a estrela mais próxima do Sol.

É muito comum que astrônomos detectem feixes causados por interferência humana, ou então que sejam explicados por uma explosão espacial. Até o momento, porém, esse sinal tem se mantido misterioso. 

Um dos motivos do mistério, inclusive é que a onda de rádio de 980 MHz possui uma mudança em sua frequência que coincide com o padrão esperado caso ela viesse de um planeta.

“É o primeiro candidato sério [de evidência de vida extraterrestre] desde o ‘sinal Wow!’'”, disse um dos pesquisadores - que preferiu manter seu anonimato - ao The Guardian. 

O especialista se referia a uma frequência de rádio forte recebida em 1977. Ela durou 72 segundos, e sua consistência levou muitos a especularem que poderia ser a tentativa de contato de uma civilização alienígena avançada.

Sobre a astronomia 

A astronomia é a ciência que estuda os corpos celestes e os fenômenos que ocorrem no espaço sideral. Como o Universo intriga a humanidade desde os tempos remotos, o interesse pela astronomia já era presente na cultura de diversas civilizações antigas. 

Alguns dos maiores mistérios ainda não revelados pela ciência pertencem a esse campo de conhecimento. Perguntas de implicações existenciais como "Existe vida fora da Terra?" e "Como se formou tudo que conhecemos?" compelem astrônomos em suas pesquisas.