Notícias » Índia

Vídeo mostra vândalos destruindo patrimônio mundial da UNESCO na Índia

Complexo de Hampi abrange 41 quilômetros quadrados e conta com mais de 1 600 monumentos

Letícia Yazbek Publicado em 06/02/2019, às 16h10

Templo Virupaksha, parte do complexo de Hampi e próximo ao local onde os monumentos foram vandalizados
Templo Virupaksha, parte do complexo de Hampi e próximo ao local onde os monumentos foram vandalizados - Getty Images

Três homens não identificados derrubaram os pilares de pedra de um templo no complexo de Hampi, Karnataka, na Índia, local considerado patrimônio mundial pela UNESCO. O ato de vandalismo se tornou conhecido por meio de um vídeo postado na internet na última sexta-feira, 1º de fevereiro. No dia seguinte, a polícia visitou o local e confirmou o dano.

O vídeo, que logo se tornou viral nas redes sociais, mostra os homens empurrando um dos pilares, que cai no chão e se quebra. O perfil que divulgou a gravação excluiu os detalhes pessoais da conta. Acredita-se que ela pertence a Ajay Sahu, um produtor musical que estaria ligado à gangue que vandalizou o monumento.

Polícia checa os danos no local Reprodução

Moradores da região organizaram um protesto e exigiram que o Levantamento Arqueológico da Índia fornecesse a segurança adequada aos monumentos. A organização, no entanto, reportou à polícia que o vídeo foi filmado há um ano, enquanto policiais e moradores garantiram que os pilares estavam intactos poucos dias atrás.

“Vamos registrar um processo contra os criminosos e lançaremos uma rápida investigação sobre o assunto”, declarou a polícia de Hampi. Segundo o ministro Recursos Hídricos do estado de Karnataka, D.K. Shivakumar, medida rigorosas serão tomadas contra os responsáveis. “Nós não vamos tolerar qualquer ato que cause danos a locais históricos”.

Veja o vídeo:

O complexo de Hampi abrange 41 quilômetros e conta com mais de 1 600 monumentos, entre templos, palácios, mercados e locais de banhos públicos. A maioria das estruturas foi construída entre os séculos 14 e 16, durante o Império Vijayanagara.

Em janeiro, o New York Times colocou Hampi no segundo lugar de sua lista de 52 destinos para visitar em 2019.


Com informações de The News Minute e Indian Express