Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Viola Davis

Viola Davis relembra episódio racista sofrido com diretor

"O que você precisa perceber é que essas microagressões acontecem o tempo todo", disse em painel do Festival de Cannes

Éric Moreira, sob supervisão de Fabio Previdelli Publicado em 19/05/2022, às 11h59

Viola Davis, atriz norte-americana - Getty Images
Viola Davis, atriz norte-americana - Getty Images

Homeageada na edição deste ano no Festival de Cannes, a atriz Viola Davis participou de um painel e relembrou de um episódio racista que sofreu com um diretor de cinema: "Tinha um diretor que me chamava de Louise. Depois descobri que ele me chamava assim porque Louise era o nome de sua empregada", comentou a atriz.

[...] O que você precisa perceber é que essas microagressões acontecem o tempo todo", prosseguiu a atriz.
Viola Davis
Viola Davis em estreia do Amazon Studios, 2020.

Mesmo com diversas nomeações e indicações à prêmios, a atriz expôs suas percepções sobre a indústria frente à atores negros. "Se eu quisesse interpretar uma mãe cuja família mora em um bairro de baixa renda, [...] eu poderia fazer isso", disse.

"Mas se eu quisesse interpretar uma mulher a procura de se reinventar voando para Nice e dormindo com cinco homens, aos 56 anos, teria dificuldades de conseguir o projeto, mesmo sendo Viola Davis", disse.

Viola Davis

Nascida em 1965, Viola Davis só conquistou os seus primeiros papéis no cinema aos 31 anos de idade e, mesmo assim, em produções pequenas. Sua mãe, Mary Alice Davis, era uma ativista dos direitos civis dos negros e por isso, em sua infância difícil, logo aos 2 anos, a atual atriz foi levada à uma prisão junto da matriarca — que havia sido detida em uma manifestação.

Criada em regiões mais pobres e em condições de vida precárias, Viola sempre almejou ascenção em sua carreira. Hoje em dia, a atriz é considerada uma das pessoas mais influentes do planeta, sendo conhecida por sua luta contra o racismo e pelo protagonismo da cultura negra no entretenimento.

A atriz já conta com inúmeros prêmios e indicações por seus trabalhos, tanto no cinema, quanto em séries e até em teatro. Vencedora de um Oscar, um Emmy Award e dois Tony Awards, alcançou a "Tríplice Coroa da Atuação". Neste ano, Viola Davis receberá o prêmio Women In Motion, no Festival de Cannes.