Notícias » Crimes

Vítima é identificada após investigação de crime de 1993 ser reaberta

O caso foi retomado mais de 28 anos após o homicídio, que ocorreu em Denver, nos Estados Unidos

Vanessa Centamori Publicado em 14/08/2020, às 10h50

Rebecca Ann “Becky”
Rebecca Ann “Becky” - Divulgação/Gabinete do Xerife do Condado de Douglas

Um cadáver de uma mulher, encontrado no sul de Denver, nos Estados Unidos, no verão de 1993, foi finalmente identificado após mais de 28 anos. O caso já estava arquivado, mas foi retomado recentemente, segundo o site da Fox News

O anúncio da identificação do corpo foi feito pelo Gabinete do Xerife do Condado de Douglas, na última quinta-feira, 13. A mulher morta, segundo a perícia, é Rebecca Ann “Becky”, que tinha 20 anos na época em que foi assassinada, em circunstâncias ainda não divulgadas. 

A primeira vez que o corpo dela foi encontrado foi no dia 15 de junho de 1993, quando delegados foram acionados em direção à Floresta Nacional de Pike San Isabel, próxima a Rainbow Falls. O cadáver estava em um acampamento improvisado.

Por enquanto, nenhum suspeito foi preso, mas a investigação continua, em uma parceria da polícia local com a United Data Connect, uma empresa forense e de DNA da área de Denver.

Por ora, as autoridades comemoram o simples fato de terem identificado a vítima, que antes estava desaparecida. "Eu não tinha ideia de que este caso me perseguiria por 27 anos", disse à Fox News, a sub-xerife do condado de Douglas, Holly Nicholson-Kluth. "Agora existe uma família à qual sabemos que essa garota pertencia. Ela é alguém".