Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Mundo

Vitorioso na loteria, homem é condenado à prisão perpétua

Após crime, estadunidense passa por outra mudança de vida

Redação Publicado em 01/06/2022, às 10h18 - Atualizado às 10h26

Michael Todd Hill, culpado pelo homicídio e Keonna Graham - Divulgação/ Youtube NBC News
Michael Todd Hill, culpado pelo homicídio e Keonna Graham - Divulgação/ Youtube NBC News

Um estadunidense de 54 anos ganhou US$ 10 milhões (R$ 47 milhões de reais na cotação da época) na loteria na sexta-feira, 27, mas foi condenado a passar a vida em prisão, sem qualquer possibilidade de uma condicional, por matar sua namorada. O crime aconteceu três anos após ele se tornar milionário. Durante o trágico episódio, ele atirou em sua companheira Keonna Graham, de 23 anos, quando estavam em hotel na região da Carolina do Norte.

Michael Todd Hill foi considerado culpado em homicídio doloso e condenado na semana passada por crime ocorrido ainda em 2020. Ele atingiu o status de milionário em 2017.

Registros cruciais gravados pelo hotel

As investigações tiveram um grande auxílio das câmeras de segurança do hotel, que quando analisadas pelos peritos, mostram que Todd foi a única pessoa a entrar e sair do quarto de Keonna no dia do crime, segundo apuração do site "UOL".

Segundo os procuradores da Carolina do Norte, o homem confessou o crime e disse que fez a violência letal pelo sentimento de posse que tinha diante dela.  Ele teria visto a namorada trocando mensagens com outro homem.