Notícias » São Paulo

Vitrines estouradas e roupas com marca de bala: Comerciantes de Araçatuba sofrem prejuízos após ataques

Na madrugada da última segunda-feira, 30, uma quadrilha fortemente armada assaltou três agências bancárias da região

Penélope Coelho Publicado em 02/09/2021, às 07h29 - Atualizado às 08h30

Danos causados em comércio de Araçatuba, após ataques na região
Danos causados em comércio de Araçatuba, após ataques na região - Divulgação/G1/Arquivo Pessoal

De acordo com informações publicadas pelo portal de notícias G1, na última quarta-feira, 1, os estabelecimentos de Araçatuba, interior de São Paulo, reabriram após os violentos assaltos realizados em agências bancárias da região, na madrugada da última segunda-feira, 30.

Sabe-se que depois dos ataques, a polícia recomendou que a população permanecesse em casa, já que a quadrilha espalhou explosivos pelo município. Ao todo, foram encontradas 97 bombas após uma operação de mais de 30 horas.

Agora, com a retomada das atividades na região, os comerciantes locais enfrentam prejuízos em decorrência dos ataques. Como revelado na publicação, grande parte das lojas teve suas vitrines estouradas e diversas peças de roupas furadas durante a troca de tiros entre os criminosos e a polícias.

Nos assaltos, a quadrilha fez moradores como reféns; na ocasião, eles colocaram pessoas sobre os carros e usaram os habitantes da região como um “escudo humano”. De acordo com o jornal, até o momento cinco pessoas foram presas por suspeita de envolvimento nos ataques e as investigações sobre o caso continuam em andamento.