Notícias » Guerra

'Você não é um soldado' conta com registros de mais de 15 anos de cobertura de conflitos

Produção sobre o fotógrafo de guerra André Liohn já está disponível na HBO Max

Redação Publicado em 10/03/2022, às 17h17

Cena da produção
Cena da produção - Divulgação

Após participar dos principais festivais de documentários do mundo, o filme sobre o fotógrafo de guerra André Liohn é adquirido pela HBO Max.

“Você não é um soldado” (“You are not a soldier”, título em inglês), que tem direção de Maria Carolina Telles e produção da Elo Company e Rede Snack - empresa de social content da B&Partners, com coprodução da Mistika, já está disponível na plataforma de streaming.

Após uma carreira maravilhosa em festivais, estamos muito felizes de ter o filme na HBO Max - plataforma reconhecida pela sua curadoria e qualidade. Desde a concepção do filme, esse era nosso objetivo como produtora e distribuidora” - diz Sabrina N Wagon, CEO da Elo Company.
Divulgação

O filme é construído principalmente a partir de gravações e arquivos de mais de 15 anos de cobertura de conflitos, como dos rebeldes contra o regime de Muamar Kadafi, na Líbia, e a ofensiva do exército iraquiano contra o ISIS em Mosul, no Iraque.

André Liohn recebeu o The Robert Capa Gold Medal Award 2011, prêmio de melhor reportagem fotográfica publicada exigindo coragem excepcional e iniciativa, e possui créditos na imprensa global, como The New York Times, posicionando-se como um dos principais nomes a registrar guerras, reunindo histórias que precisam ser contadas.

“O documentário é uma ode à sobrevivência e ao amor e é o meu suspiro antiguerra. É também uma forma de falar sobre a superação do luto”, ressalta Maria Carolina Telles, diretora do documentário. 

"Nossa especialidade é o social content, é transformar marcas em creators. Mas cada vez mais o jogo do entretenimento é multiplataforma, por isso, é preciso estar presente em todas elas, e toda plataforma que gere conversa nos interessa. Os investimentos nessas produções originais fazem parte da nossa divisão Snack Originals que amplia nosso leque de plataformas e formatos. Já tinhamos a experiência de co-produção do longa ‘Internet o filme’, da Netflix e também na produção de alguns formatos para Turner e Viacom, como Master Slime e Pimp My Feed. A produção de um filme que documenta uma trajetória profissional tão importante é muito gratificante para nós como Snack e como admiradores do Liohn." contam Nelson Botega, CEO e Vitor Knijnik, Co-CEO da Rede Snack.