Notícias » Estados Unidos

'Voltaremos de alguma forma': A despedida de Trump após a posse de Biden

O republicano ignorou a tradição de receber o próximo presidente

Larissa Lopes, com supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 20/01/2021, às 14h13

Donald Trump e a esposa Melania se despedem da Casa Branca
Donald Trump e a esposa Melania se despedem da Casa Branca - Divulgação G1

Depois de um janeiro tumultuado, Donald Trump deixou a Casa Branca definitivamente nesta quarta-feira, 20. Desde o ano passado, o agora ex-presidente se recusou a aceitar o resultado das eleições que tornaram Joe Biden, do partido democrata, o 46º presidente dos Estados Unidos.

No dia 6 de janeiro, o Capitólio norte-americano - onde está a Câmara dos Deputados e o Senado - foi invadido por uma multidão de apoiadores do republicano Trump. A invasão aconteceu enquanto o Congresso fazia a contagem de votos do Colégio Eleitoral e que, posteriormente, definiria o próximo presidente. 

Os ataques e protestos foram motivados pela recusa de Trump em aceitar a derrota e pela acusação que o ex-presidente fez ao processo eleitoral, alegando fraude e irregularidade - mesmo sem provas.

A última aparição de Donald como presidente aconteceu às 8h - de Washington - desta quarta-feira, dia da posse de Biden, em que ele falou brevemente com alguns repórteres e se despediu do cargo. 

Segundo o G1, Trump ignorou a tradição de participar da cerimônia de posse e viajou junto à esposa Melania, com destino ao seu resort em Mar-a-Lago, na Flórida. O casal caminhou em direção ao avião ao som de YMCA, canção do Village People. Já suas últimas palavras como presidente dos EUA foram:"Voltaremos de alguma forma".

Pelo menos uma das tradições presidenciais Trump seguiu: a de deixar uma carta, no Salão Oval, ao próximo a ocupar a cadeira - Joe Biden.