Notícias » Brasil

"Vou assumir essa responsabilidade": Arthur Nory é eliminado das Olimpíadas e fala sobre ódio nas redes sociais

Ginasta não teve um bom desempenho nos jogos de Tóquio e acabou desclassificado no primeiro dia

Redação Publicado em 24/07/2021, às 13h00

O atleta no primeiro dia dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020
O atleta no primeiro dia dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 - Getty Images

Arthur Nory foi eliminado no primeiro dia da ginástica das Olimpíadas de Tóquio, antes que pudesse chegar às finais no solo e barra fixa. O atleta, que ganhou bronze no Rio 2016, desabafou sobre a verdade por trás do mau desempenho nos jogos do Japão.

O fracasso de Nory nas Olimpíadas acontece em meio ao ressurgimento da polêmica de 2015, na qual o brasileiro foi acusado de racismo por uma fala contra o ginasta Angelo Assumpção. Na época, Arthur disse que tudo não passava de uma brincadeira.

Em entrevista coletiva, o atleta comentou sobre a desclassificação recente: “Eu sempre tive muito medo, muito medo, desde o episódio do racismo, medo de falar, medo de assumir, medo de tudo. Fico sempre acuado, pensando em colocar o sorriso no rosto, brigando comigo para isso. E nestes últimos anos vêm isso muito forte, e no momento que você desabafa, assume, vem muita paulada. Venho tomando muita paulada agora e não vou mais me esconder. Vou assumir essa responsabilidade. É procurar melhorar todos os dias”.

 “Foi ano difícil, tive burnout, depressão, tive que parar um tempo, voltar, focar na barra. E estou aqui em mais uma Olimpíada. Atleta, ser humano, a gente erra. Treinei bastante, foi um ano complicado, mas eu me entreguei. Fui até o fim brigando, ajudando a equipe no que eu podia”, acrescentou Nory.