Notícias » Entretenimento

Wagner Moura esclarece cena pós-crédito de ‘Marighella’

Diretor do filme sobre o inimigo Nº 1 da ditadura militar falou sobre o assunto em entrevista

Isabela Barreiros Publicado em 09/11/2021, às 11h00

Wagner Moura e Seu Jorge durante filmagens de "Marighella"
Wagner Moura e Seu Jorge durante filmagens de "Marighella" - Divulgação/O2 Filmes

Wagner Moura, que fez sua estreia como diretor com o filme "Marighella", que conta os últimos anos do guerrilheiro baiano Carlos Marighella, conhecido como o inimigo Nº 1 da ditadura militar, falou sobre as cenas pós-créditos do longa-metragem.

A produção estreou na última quinta-feira, 4, e já ocupa a quarta posição na bilheteria nacional, tendo sido visto por quase 70 mil pessoas. No final, os espectadores se depararam com uma cena entre os créditos do filme.

O diretor explicou em entrevista ao site Omelete que o recurso explorado principalmente por filmes de Hollywood foi uma filmagem feita de um momento de descontração durante as gravações do filme. 

Na cena, é possível ver alguns dos atores de “Marighella”, entre eles Bella Carnero, Humberto Carrão, Luiz Carlos Vasconcelos e Guilherme Ferraz, declamando o Hino Nacional brasileiro de maneira bastante enérgica.

"Toda cena em que eles estavam ali, juntos, eles faziam alguma coisa antes das filmagens, algum ritual de preparação", contou Moura.

"Nesse dia, eles se juntaram e começaram a cantar o hino nacional. Aquilo ali não era uma cena, era eles se preparando para outra cena que a gente ia fazer, mas e eu achei aquilo... Quando eu comecei a ver, eu achei aquilo tão bonito, tão emocionante, que eu pedi para filmarem", explicou.

Para Moura, o momento pode ser considerado ainda uma "reivindicação do Hino Nacional" pela parcela progressista do Brasil, podendo ir além da descontração do time de atores de “Marighella”.