Black Friday Amazon 2021
Notícias » Entretenimento

Wagner Moura fala sobre importância de ‘Marighella’: ‘Nós precisamos fazer esse enfrentamento contra o fascismo’

‘Marighella’ estreia na próxima quinta-feira, dia 4, nos cinemas de todo o Brasil

Isabela Barreiros Publicado em 02/11/2021, às 13h39

Wagner Moura e Seu Jorge como 'Marighella'
Wagner Moura e Seu Jorge como 'Marighella' - Getty Images/Divulgação/O2 Filmes

Wagner Moura, ator e diretor do filme “Marighella”, que conta a história do guerrilheiro inimigo Nº1 da ditadura militar, Carlos Marighella, falou sobre a importância do longa-metragem e das ameaças sofridas ao longo de sua produção.

As declarações foram feitas por Mouradurante entrevista ao programa “Roda Vida” da TV Cultura, em que o diretor disse não ter medo “dessa gente” que ele descreveu como “fascista” e “covarde”.

"Eu não tenho medo dessa gente porque eles são covardes, dizem que vão lá ameaçar", disse o diretor, como repercutiu o UOL. 

"Acho que nós precisamos fazer esse enfrentamento contra o fascismo. Os ataques foram todos. A questão com a Ancine é uma clara censura. O 'Marighella' tinha sido contemplado com os fundos setorial para complementação da produção e não recebemos o dinheiro porque foi negado pela Ancine, no momento em que o Bolsonaro falava abertamente em filtragem na Ancine", continuou.

Wagner também fez menção a um episódio recente envolvendo o presidente da República, quando, no último final de semana, seguranças de Bolsonaro agrediram fisicamente jornalistas brasileiros, em Roma, na Itália. 

"Não pode esses caras chegarem em Roma e agredirem jornalistas dessa maneira, não pode darem permissão a essa militância covarde de fazer esse tipo de coisa, esse enfrentamento tem que ser uma coisa de todos nós", afirmou. 

O diretor de “Marighella” acrescentou ainda que está muito feliz que o filme "esteja sendo abraçado, que estejam vendo isso no filme, que o filme é um produto da cultura brasileira disposto ao enfrentamento".

"Marighela" estará nos cinemas de todo o Brasil na próxima quinta-feira, dia 4 de novembro. Dirigida por Wagner Moura, a produção é inspirada biografia escrita pelo jornalista Mário Magalhães "Marighella: O guerrilheiro que incendiou o mundo" (2012).

Para viver Marighella, contamos com Seu Jorge, mas no elenco ainda existem outros nomes de peso como Adriana Esteves e Bruno Gagliasso, que interpreta um dos torturadores da ditadura militar na trama.

Confira o trailer do filme a seguir!