Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Família Real

William tem 'impedido' reconciliação entre Harry e o rei Charles III

Segundo amiga da rainha Camilla, é 'William quem está impedindo seu pai de ter uma reconciliação adequada com Harry'; entenda!

Fabio Previdelli

por Fabio Previdelli

fprevidelli_colab@caras.com.br

Publicado em 16/05/2024, às 12h54

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Rei Charles III, príncipe William e príncipe Harry - Getty Images
Rei Charles III, príncipe William e príncipe Harry - Getty Images

O príncipe William, supostamente, está fazendo de tudo para que Harry e o rei Charles III não se reconciliem. A afirmação foi feita pela jornalista Petronella Wyatt, amiga da rainha Camilla desde os 18 anos, em uma coluna no Daily Telegraph publicada na última terça-feira, 14, onde culpou William pelo afastamento dentro da Família Real britânica.

Petronella relatou que um "ex-funcionário do palácio", que trabalhava com os irmãos, lhe confidenciou: "Há um equívoco público sobre William e Harry. É William quem costuma ser o difícil, e é William quem está impedindo seu pai de ter uma reconciliação adequada com Harry".

Isso não ajuda em um momento em que o país ficaria animado ao vê-los juntos novamente, assim como o rei", escreveu.

A separação 

Harry está afastado de sua família desde que ele e Meghan Markleabandonaram os 'deveres reais' e se mudaram para a Califórnia, em 2020. Na semana passada, enquanto esteve em Londres para as comemorações do 10º aniversário dos Jogos Invictus, o duque de Sussex não se encontrou com nenhum membro da realeza. 

O último encontro entre Harry e Charles aconteceu em fevereiro, quando o filho voou brevemente para a casa do pai após saber sobre seu diagnóstico de câncer. 

+ Rei Charles III contou pessoalmente sobre seu câncer aos príncipes William e Harry

Ao Daily Beast, um amigo de William e Kate disse que "há um fundo de verdade" nas afirmações de Wyatt, "embora William nem sonhasse em dizer ao pai o que ele pode ou não fazer em relação ao outro filho". 

"Mas o que é verdade é que a prioridade absoluta de Charles é a unidade da monarquia. E dada a extensão da animosidade de William para com Harry, Charles dificilmente poderá estender o tapete vermelho e convidar Harry e as crianças para ficarem em Balmoral durante as férias de verão — por mais que ele queira", completou. 

Em sua coluna, Wyatt ainda apontou que William e Charles trataram Harry de forma "desumana" antes de o duque de Sussex desistir de vida real. No entanto, a jornalista acredita que o duque tem que retornar à realeza, independentemente do drama, porque "a família real é um microcosmo para todas as famílias na Grã-Bretanha, e que uma família dividida, como um partido político dividido, tem uma fraqueza intrínseca".