Notícias » Mundo

Xamã que recomendava água benta contra covid-19 morre da doença

Eliyantha White era considerado uma figura influente no Sri Lanka

Ingredi Brunato, sob supervisão de Pamela Malva Publicado em 27/09/2021, às 18h00

Eliyantha White em entrevista
Eliyantha White em entrevista - Divulgação / Youtube/ NewsFirst Sri Lanka

Segundo divulgado pela agência France Press, o famoso xamãEliyantha White, do Sri Lanka, morreu na última quarta-feira, 22, por conta de complicações provocadas pela covid-19. 

Eliyantha ficou conhecido durante essa pandemia por recomendar 'água benta' como cura para o coronavírus, o que não é endossado pelas autoridades internacionais da saúde, tal como a Organização Mundial da Saúde

O líder espiritual, que teve seu corpo cremado em Colombo, chegou a sugerir que os rios do país fossem batizados como forma de combate à pandemia, o que foi apoiado pela Ministra da Saúde da época, Pavithra Wanniarachchi, que posteriormente foi demitida. 

O xamã estava internado desde o início do mês de setembro, mas viu seu estado de saúde se agravar na última semana. Após ser infectado, então, ele infelizmente não resistiu ao vírus.

Vale ressaltar, no entanto, que o líder espiritual também não estava imunizado, pois, devido ao seu posicionamento, havia decidido não tomar a vacina.

Aos 48 anos, White era seguido por muitos no Sri Lanka, incluindo personalidades importantes da região, como o próprio primeiro-ministro, Mahinda Rajapaksa.

Em 2010, por exemplo, o xamã foi homenageado pelo jogador indiano Sachin Tendulkar, depois do líder espiritual supostamente tratar uma lesão no joelho do atleta.