Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Esportes

Zagueiro francês Kurt Zouma é condenado por agredir gato

Juíza considerou ações “vergonhosas e repreensíveis”

Fabio Previdelli Publicado em 01/06/2022, às 13h47

O vídeo que viralizou e o zagueiro Kurt Zouma em campo - Divulgação/ Redes Sociais e Getty Images
O vídeo que viralizou e o zagueiro Kurt Zouma em campo - Divulgação/ Redes Sociais e Getty Images

Em 6 de fevereiro, o zagueiro francês Kurt Zouma, que atualmente defende o West Ham (Inglaterra), foi filmado chutando e batendo em seu gato. O vídeo feito por seu irmão mais novo, Yoan, de 24 anos, também jogador de futebol, foi postado no Snapchat e acabou viralizando. 

Por conta disso, o defensor acabou sendo condenado pela Justiça britânica nesta quarta-feira, 1. A juíza Susan Holdham considerou suas ações "vergonhosas e repreensíveis". Assim, Zouma terá que prestar 180 horas de serviço comunitário por maus-tratos de animais.

Além disso, de acordo com a AFP, o atleta do clube londrino está proibido de ter outro gato durante um período de cinco anos. Kurt Zouma se declarou culpado pelas agressões.

Em 24 de maio, após o zagueiro comparecer no tribunal, a promotora Hazel Stevens apontou que os maus-tratos aconteceram após o felino danificar uma cadeira. Ela ainda disse que, depois que os atos viralizaram, houve "um aumento de pessoas que agrediam gatos e publicaram as imagens em várias redes sociais".

Críticas ao West Ham

Apesar do caso, o West Ham acabou não cortando Zouma de uma partida na mesma noite em que o vídeo se espalhou; o que causou uma enorme indignação no Reino Unido. Entretanto, posteriormente, o zagueiro acabou sendo multado em 300 mil euros (cerca de R$1,5 milhão).

Além disso, a Adidas, fabricante de material esportivo que patrocina o atleta, acabou rompendo contrato com o defensor. De acordo com o West Ham, os gatos “não sofreram nenhuma lesão física”.