Notícias » Europa

Zelensky desabafa sobre situação dos ucranianos: 'Quero paz'

“Tenho medo de a Ucrânia não existir mais”, disse o líder do país

Paola Orlovas, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 03/03/2022, às 17h55

Presidente ucraniano Volodymyr Zelensky durante discurso
Presidente ucraniano Volodymyr Zelensky durante discurso - Getty Images

Em uma entrevista concedida na tarde desta quinta-feira, 3, Volodymyr Zelensky, o presidente ucraniano, disse que tem “medo de a Ucrânia não existir mais”. As informações são da CNN.

O presidente da Ucrânia expressou, em sua fala, o que sente sobre a possibilidade da destruição de seu povo em meio ao conflito com a Rússia:

Nosso povo é muito especial. Não quero vê-lo destruído. Quero ver os ucranianos sobreviverem na História. Não quero que se tornem a lenda dos 300, como os espartanos. Quero paz”, disse Zelensky.

E o ucraniano continuou, dizendo: “Vocês podem ver o que está acontecendo, ouvir os tiros, as consequências dos bombardeios, ver o nosso povo defender nosso território. Podem perguntar aos homens e mulheres se estão com fome e sede. E se vocês estiverem com fome e sede, vão dividir com vocês.”

O presidente da Ucrânia não deixou de apontar que não se trata apenas das ações de grandes líderes internacionais, mas sim da segurança da Ucrânia, algo que, para ele, precisa ser garantido faz tempo:

O mundo precisa saber: Não é uma questão sobre o que o Olaf Scholz, ou o que o Joe Biden, ou o Macron, podem fazer, ou os outros líderes no mundo. A questão é que nós já dissemos muitas vezes que a Ucrânia precisa de garantias de segurança, e isso é algo que eu já venho dizendo desde o início”, declarou Zelesnky.