Notícias » Rússia x Ucrânia

Zelensky lamenta ataque russo contra civis e promete punição: 'Não esqueceremos'

O atentado que matou uma mulher e duas crianças resultou na fuga de ucranianos de Irpin

Pedro Paulo Furlan, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 07/03/2022, às 13h12

Civis ucranianos na rota de fuga do município de Irpin
Civis ucranianos na rota de fuga do município de Irpin - Getty Images

No último domingo, 6, uma família ucraniana foi atingida por um ataque de um morteiro russo, arma de curto alcance que carrega explosivos, o que resultou na morte de uma mulher e duas crianças. Além disso, a investida diretamente contra civis causou a fuga em massa do restante dos habitantes da cidade de Irpin, na Ucrânia.

Nesta segunda-feira, 7, o número de pessoas que fugiram do município chegou em cerca de 2.000 civis ucranianos. O ataque aconteceu na rota de fuga que os moradores utilizavam para evitar o avanço das tropas de Putin, logo esse movimento em massa é carregado de medo de outro ataque.

Em resposta ao atentado contra vidas ucranianas, o presidente Volodymyr Zelensky, de acordo com a cobertura do portal de notícias G1, falou sobre o morteiro russo em um vídeo divulgado na plataforma de mensagens Telegram. Entre sua lamentação pelas vítimas do ataque, o político foi assertivo sobre uma resposta da Ucrânia.

Eles estavam apenas tentando sair da cidade. Escapar. Toda a família. Quantas dessas famílias morreram na Ucrânia? Não vamos perdoar. Nós não esqueceremos. Vamos punir todos os que cometeram atrocidades nesta guerra", afirmou Zelensky.