Notícias » Bizarro

Zoológico de 'A Máfia dos Tigres', série da Netflix, é fechado por mau funcionamento

Segundo as autoridades, o G.W. Exotic Animal Park não cumpriu todas as medidas necessárias para continuar aberto

Pamela Malva Publicado em 20/08/2020, às 15h42

Joe Exotic brincando com um filhote de tigre
Joe Exotic brincando com um filhote de tigre - Divulgação/Youtube/Netflix

Conhecido através da série documental A Máfia dos Tigres, da Netflix, o zoológico G.W. Exotic Animal Park fechou as portas definitivamente. Após se tornar um fenômeno mundial, a instituição perdeu sua licença de funcionamento.

No estado de Oklahoma, nos Estados Unidos, o famoso zoológico de Joe Exotic não passou por diversas fases das inspeções necessárias. Segundo as autoridades, os alimentos dos tigres não eram refrigerados corretamente e, ainda mais, a diretoria do local tentou enganar o governo com faturas falsas de supostos reparos estruturais.

Antigo dono do zoológico, o próprio Joe Exotic foi preso por ter contratado um assassino de aluguel, além de cometer crimes contra a flora e a fauna local. Por isso, ele foi substituído por Jeff Lowe, o novo diretor da propriedade.

Clássica fotografia de Joe Exotic e um dos tigres do zoológico / Crédito: Divulgação/Netflix

 

Nesse sentido, o mais recente dono do zoológico afirmou que a culpa pelo fechamento da instituição deve recair sobre as organizações protetoras dos direitos dos animais e do meio ambiente, como a PETA. Segundo Jeff Lowe, foram tais grupos que pressionaram o Departamento de Agricultura dos EUA, exigindo medidas definitivas.

Agora, com o encerramento imediato das atividades do zoológico, os animais devem ser transferidos para um novo local. Uma vez instalados, os felinos serão protagonistas de outros conteúdos para a televisão e o streaming, que devem ser gravados em breve.