Notícias » Índia

Zumbidos de abelhas estão sendo utilizados para afastar elefantes de trens na Índia

Medida já é utilizada há dois anos, e tem surtido efeito expressivo no número de acidentes fatais no país

Caio Tortamano Publicado em 26/03/2020, às 07h00

Elefante asiático em parque indiano
Elefante asiático em parque indiano - Wikimedia Commons

A Índia é o país com maior número de elefantes vivendo em liberdade no mundo inteiro, com quase 30 mil dos paquidermes vivendo soltos pela natureza. Por isso, o convívio entre elefantes e pessoas as vezes causa atritos, como nas situações em que os animais invadem os trilhos dos trens.

Para solucionar esse problema, a Divisão de Ferrovias Moradabad instalou caixas de som com o barulho constante de abelhas zumbindo. A justificativa é que os enormes animais têm muito medo dos insetos. Desde que foi instalado, há dois anos, nenhum acidente com elefantes nas vias com o dispositivo foi registrado.

Somente na Bengala ocidental, de 2013 a 2018, foram 30 elefantes atingidos por trens. Em 30 anos, ao redor do país todo, 266 espécimes foram mortos em decorrência desses acidentes. O primeiro sistema de som foi instalado no trajeto que atravessa o Parque Nacional Rajaji, desde então, 50 dos zumbidos foram implementados reduzindo drasticamente o número de ocorrências do tipo.

O som é acionado alguns minutos antes do trem chegar na estação, e pode ser escutado por elefantes a 600 metros de distância. Além dos zumbidos, outras ações foram tomadas, como cercas elétricas diminuindo a passagem dos animais, redução de velocidade dos trens ao chegarem nesses locais e comunicação direta com autoridades florestais.