Moda com História » Entretenimento

Atriz confessa que se identificou com personagem de ‘House of Gucci’

Lady Gaga chamou a atenção por seu trabalho como Patrizia Reggiani, mandante do assassinato do ex-diretor da grife

Redação Publicado em 27/01/2022, às 10h02

Lady Gaga como Patrizia Reggiani em 'Casa Gucci' (2021)
Lady Gaga como Patrizia Reggiani em 'Casa Gucci' (2021) - Divulgação/Universal Pictures

A atriz e cantora Lady Gaga vem chamando a atenção da crítica e do público por seu trabalho em ‘House of Gucci’ (2021), filme dirigido por Ridley Scott em que viveu Patrizia Reggiani, mandante do assassinato do ex-diretor da grife.

Em mais uma entrevista sobre seu papel no longa-metragem, a artista falou à revista Deadline sobre como se identificou em um nível pessoal com a personagem, além de opinar sobre o que os espectadores esperam de mulheres em produções cinematográficas.

"Costumo dizer que as mulheres são iluminadas desde o nascimento. Mas acho que é algo que muitas mulheres têm em comum, esse medo de, ‘Bem, se tiver mais de 30 anos e não for casada, ou se perder minha aparência neste momento, então não vou mais trabalhar’”, disse.

Gaga, que é cotada para o Oscar de Melhor Atriz em 2022 pela interpretação, explicou como tanto ela quanto Reggiani estão em posições parecidas quando pensamos sobre a idade e pressões impostas a mulheres acima dos 30 anos.

“Meu rosto tem que ser congelado no tempo para conseguir um emprego”, ressaltou a atriz sobre a indústria do cinema.

Para a artista, Patrizia foi resultado de sua criação patriarcal, que teria, assim como todas as outras mulheres, uma espécie de instinto para proteger “a pequena menina” dentro de si mesmas.

“Que parte de nós, como mulheres, quando somos enviadas para essa raiva cega, é ativada? Acredito que é a parte disso, proteger a pequena menina dentro de nós, e dizer: ‘Quando era jovem, não sabia que isso aconteceria’. Me ensinaram que se me casasse com alguém bem-sucedido, seria uma boa mulher”, afirmou.

Ela continuou: “E agora estou sendo ensinada que nenhuma dessas coisas importa. Agora estou aprendendo que tudo isso é uma grande mentira. E estou protegendo aquela garotinha”.

Ainda na entrevista, em que foi capa para a revista, a atriz declarou que o público se entretém com mulheres “desmoronando” no cinema, o que a faz entender o apelo pela personagem a qual interpretou. Quando o mesmo acontece na vida real, há diferenças.

“As pessoas adoram ver mulheres desmoronar. Mas adoram ainda mais ver mulheres desmoronando no cinema e na TV. Quando as mulheres desmoronam na realidade e são vibrantes e apaixonadas, somos chamadas de loucas. Somos chamadas de v*dias. Dizem-nos que somos demais”, acrescentou.


Gucci: o luxo, as polêmicas e o legado de uma marca

A saga da família que deu origem a um império é relembrada no podcast 'Aventuras Narradas em Moda com História'. Com roteiro e narração de Laura Wie, os episódios especiais relembram a história da família que originou uma marca que ainda encanta gerações. 

Escute o primeiro episódio abaixo e não deixe de conferir o especial por completo!


Pensando nos grandes nomes que marcaram a história da moda, o site Aventuras na História, a Openthedoor Studios e a especialista em História da Moda Laura Wie, relembram a trajetória de figuras notáveis em uma série especial. 

Abaixo, você confere a animação do surgimento da marca Gucci!