Moda com História » Entretenimento

'Presença' de Ana Bolena e tradições: 5 motivos para assistir ‘Spencer’

O filme sobre Lady Di tem data de estreia marcada para 27 de janeiro, nos cinemas brasileiros

Penélope Coelho Publicado em 22/01/2022, às 08h00

Kristen Stewart caracterizada como Lady Di
Kristen Stewart caracterizada como Lady Di - Divulgação/NEON

Lady Diana Spencer foi uma das figuras mais comentadas do século 20. Conhecida por sua popularidade e por seu jeito autêntico, 24 anos após sua trágica morte, o mundo ainda ama ouvir falar dela.

A história de uma professora do jardim da infância que se casou com o herdeiro do trono britânico, já foi representada diversas vezes na televisão e nos cinemas.

No ano de 2022, uma nova produção promete trazer uma versão diferente da famosa história. Através do filme ‘Spencer’, dirigido pelo premiado cineasta Pablo Larraín e estrelado pela atriz Kristen Stewart.

O longa — que estreia em 27 de janeiro nos cinemas do Brasil — mostra de maneira lúdica o conturbado último ano do casamento entre Diana e Charles, em especial o último natal que a princesa de Gales passou com a família real britânica.

Com exclusividade, a equipe do Aventuras na História já conferiu o filme, pensando nisso, separamos 5 motivos pelos quais você não pode perder ‘Spencer’.


1. Atuação de Kristen 

Aos 31 anos de idade, a atriz que ganhou fama por dar vida a personagem Bella na saga de filmes ‘Crepúsculo’ (2008-2012), surpreendeu no papel de Lady Di.

Kristen Jaymes Stewart, diferente de Diana, não é britânica. Ela nasceu em Los Angeles, na Califórnia, Estados Unidos. Por isso, o sotaque inglês feito pela atriz em ‘Spencer’ chamou a atenção.

Com a caracterização completa de Kristen foi impossível não recordar a saudosa Princesa do Povo. No entanto, o fator de mais atenção foi mesmo a interpretação da atriz, que incorporou trejeitos famosos da princesa de Gales, como o clássico olhar baixo de Diana.

A norte-americana é cotada como uma das favoritas para o Oscar de ‘Melhor Atriz’ em 2022, por sua atuação no longa de Pablo Larraín.


2. Fotografia

Desde o início do filme, os telespectadores já são surpreendidos com a bela fotografia. ‘Spencer’ se passa em sua maioria em um cenário do que seria a Sandringham House, onde a realeza tradicionalmente se reúne para as comemorações de Natal.

A propriedade em questão é localizada em Norfolk, Reino Unido. A casa de campo particular da rainha Elizabeth II está na família desde meados do século 19.

Famosa por seus lindos campos, a Sandringham House conta com móveis clássicos e obras de artes por toda parte, aspectos muito bem reproduzidos no filme, que nos transportam para as terras inglesas.

Sandringham House retratada em 'Spencer' / Crédito: Divulgação/ Youtube/ Neon 

3. Tradições natalinas 

Com certeza um dos aspectos mais interessantes de ‘Spencer’ é acompanhar como são as tradições de Natal da realeza britânica, com todas as suas particularidades e excentricidades.

O filme expõe como algumas tradições impostas pela família real afetavam a personagem de Kristen. Além disso, outros fatores como a pontualidade nas refeições e a tradicional espera pela rainha também chamam a atenção.


4. Personagens históricos 

Ao longo do filme, alguns elementos inesperados são encaixados de maneira lúdica na história de Lady Di.

A maneira como o roteiro de Steven Knight coloca a 'presença' da rainha consorte da Inglaterra, Ana Bolena— Segunda esposa do rei Henrique VIII, decapitada por acusação de adultério em 1536 — é um desses fatores.


5. Conflitos 

Por ser uma história já conhecida pela maioria, por fim, um dos maiores destaques do filme é o emocionante e constante conflito interno enfrentado pela princesa de Gales.

Kristen Stewart como Diana, em 'Spencer' / Crédito: Divulgação/ Youtube/ Neon 

Nos últimos anos de seu conturbado casamento com o príncipe Charles, Diana estava cada vez mais distante do marido e incomodada com a pressão de ser um membro da realeza, em constante observação pelos olhos do público.

Mas, para entender a fundo todos esses elementos citados, é preciso assistir ao filme, a partir de 27 de janeiro nos cinemas!


Lady Di também entrou para a história diante das peças icônicas e marcantes que vestiu ao longo dos anos em que esteve na família real britânica. O filme Spencer vem de encontro com o recente lançamento 'Casa Gucci', que relembra a saga da família que criou um império. 

Abaixo, confira o nosso especial no podcast 'Aventuras Narradas em Moda com História', com roteiro e narração de Laura Wie, especialista em História da Moda. 


+Saiba mais sobre a família real britânica por meio de obras disponíveis na Amazon:

1. Diana. O Último Amor de Uma Princesa, de Kate Snell (2013) - https://amzn.to/2TgHgPO

2. The Queen: The Life and Times of Elizabeth II (Edição Inglês), de Catherine Ryan (2018) - https://amzn.to/2RhgNA7

3. God save the queen - O imaginário da realeza britânica na mídia, de Renato de Almeida Vieira e Silva (2015) - https://amzn.to/3qWCnIZ

4. O Amor Da Princesa Diana, de Anna Pasternack (2018) - https://amzn.to/2xOZ8c9

5. A história do século XX, de Martin Gilbert (2017) - https://amzn.to/2yFZMcv

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W