Personagem » Brasil

Marina Miranda, primeira humorista negra a ter destaque na TV brasileira, morre aos 90 anos

A artista, que já estava na terceira idade, sofria de uma série de problemas de saúde

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 21/09/2021, às 17h08 - Atualizado às 17h09

Fotografia de Marina Miranda
Fotografia de Marina Miranda - Divulgação / Instagram/ Arquivo Pessoal

A atriz e comedianteMarina Miranda, mais conhecida por interpretar a personagem "Dona Charanga" no famoso programa de humor "Escolinha do Professor Raimundo", morreu nesta terça-feira, 21. 

Conforme repercutido pelo UOL, a artista tinha 90 anos de idade e estava em um estado de coma causado pelo seu Alzheimer.

Marina já estava hospitalizada desde o último domingo, 19, e apresentava ainda outros problemas de saúde, como infecção urinária, infecção pulmonar e desnutrição.

Sua filha, Sylvia, que a levou para o hospital, chegou a afirmar que o quadro da mãe era irreversível através das redes sociais. 

Da 'escolinha' aos 'trapalhões'

A humorista não apenas marcou presença em programas famosos de humor, como Escolinha do Professor Raimundo e "Os Trapalhões", mas também atuou em uma série de novelas. 

Miranda ainda ganhou o Troféu Raça Negra em 2010, um prêmio que reconheceu suas contribuições para a cultura brasileira, incluindo o fato de ter aberto caminho para outras personalidades negras terem mais participação no universo televisivo.