Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Personagem / Templo de pedra

Templo de pedra de 8 mil anos é achado em antiga ‘cidade de Guerra’ na Arábia Saudita

Foram identificados restos do santuário e um altar onde teriam sido realizados rituais no passado da região

Redação Publicado em 02/08/2022, às 12h28

Arte rupestre encontrada no Monte Tuwaiq, onde a descoberta foi feita - Divulgação/Saudi Press Agency (SPA)
Arte rupestre encontrada no Monte Tuwaiq, onde a descoberta foi feita - Divulgação/Saudi Press Agency (SPA)

Arqueólogos desenterraram os restos de um templo de pedra que remonta há 8 mil anos nas proximidades do Monte Tuwaiq, situado a leste da antiga cidade de Al-Faw, na Arábia Saudita.

A descoberta foi anunciada pela Comissão do Patrimônio do país por meio de um comunicado divulgado à imprensa no último dia 26 de julho, relatando a experiência da equipe internacional.

Em meio às escavações, foram descobertos os restos do santuário, parte de um altar, mais de 2,8 mil sepulturas datando de diferentes períodos históricos e inúmeras inscrições devocionais.

Segundo destacou a revista Galileu, o local teria sido usado pelos moradores da cidade para a realização de rituais e cerimônias. Uma das inscrições foi escrita por uma pessoa chamada Wahb Allat, da família de Malha e estava endereçada ao deus Kahal, divindade de Al-Faw, referida como “cidade de Guerra” no texto.

Considerações dos arqueólogos

Após a descoberta, os pesquisadores sugeriram que o texto pode indicar como havia uma relação entre a cidade e Al-Jarha, outra região próxima também voltada ao comércio. Uma segunda hipótese é de que havia tolerância religiosa entre as populações.

Durante o projeto, que envolveu fotografia aérea de alta qualidade, drones, levantamento topográfico, sensoriamento remoto e radar de penetração no solo, também foi possível identificar um sistema de irrigação complexo que incluía canais, cisternas e centenas de poços.

Ainda foram encontradas inscrições esculpidas na face do Monte Tuwaiq, onde os especialistas notaram a presença de artes rupestres que contavam a história de um homem chamado Madhekar Bin Muneim, assim como cenas de batalha, caça e viagens.


+O site Aventuras na História está no Helo! Não fique de fora e siga agora mesmo para acessar os principais assuntos do momento e reportagens especiais. Clique aqui para seguir!