Matérias » Entretenimento

10 filmes tenebrosos para assistir no dia das Bruxas

Sugeridos por especialista em filmes de terror, esses clássicos são essenciais para entrar no clima de Halloween

Joseane Pereira Publicado em 31/10/2019, às 11h00

Nosferatu
Nosferatu - Getty Images

Para homenagear o Dia das Bruxas, o historiador James Kendrick listou 10 obras de terror que todos deveriam ver. Especializado em filmes de Hollywood, Kendrick é professor associado de cinema na Faculdade de Artes e Ciências de Baylor University.

Para ele, filmes de terror são impactantes por terem um apelo universal. "Todos sabemos o que significa ter medo, sentir pavor, querer desviar o olhar", afirmou Kendrick. "Em algum nível, todos nós tememos a morte e estamos cientes de nossa mortalidade humana, e os melhores filmes de terror envolvem esse medo de maneiras complexas e desafiadoras".

Confira abaixo a lista de Kendrick:

1. NOSFERATU (F.W. MURNAU, 1922)

Crédito: Getty Images

 

Considerado um dos primeiros representantes do gênero terror, Nosferatu é uma adaptação não autorizada do clássico Drácula, de Bram Stocker. Apesar de estar com nomes de personagens e lugares trocados, o clássico teve quase todas as suas cópias destruídas por violação de direitos autorais.

Centrado no assustador vampiro protagonizado por Max Schreck, o filme apresenta uma mistura de técnicas visuais expressionistas com elementos-surpresa. Um dos filmes mais assustadores de todos os tempos, Nosferatu marcou a história do cinema mundial.

2. A NOIVA DE FRANKENSTEIN (JAMES WHALE, 1935)

Crédito: Getty Images

 

Baseada em livro de Mary Shelley, a obra é uma sequência do filme Frankenstein, de 1931. Na década de 1930, a Universal produziu uma série de filmes de terror inspirados na literatura gótica e no expressionismo alemão. O filme aqui indicado é um dos maiores exemplos: um cenário estranho, com ângulos inclinados e iluminação confusa, que contribuem para o humor negro da obra.

3. SANGUE DE PANTERA (JACQUES TOURNEUR, 1942)

Crédito: RKO Radio Pictures Inc.

 

Inquietante e cheio de suspense, esse filme mostra os horrores da sexualidade reprimida, que aparece na personagem Irena como uma feroz pantera. Na década de 1940, mais de uma dúzia de filmes de terror com baixo orçamento foram supervisionados pelo produtor Val Lewton. Esse é um dos exemplos de como obras muito eficientes podem ser feitas com pouco.

4. PSICOSE (ALFRED HITCHCOCK, 1960)

Crédito: Getty Images

 

Apresentando uma das maiores obras da história do cinema, Psicose alterou para sempre o gênero de terror. O filme mostrou que os monstros não estão apenas em masmorras ou castelos assombrados e distantes, mas podem ser o produto de uma família desestruturada e habitar níveis profundos de nosso inconsciente. A cena do assassinato na banheira, que deixou gerações atemorizadas, é uma das mais famosas da história do cinema norte-americano.

5. A NOITE DOS MORTOS-VIVOS (GEORGE A. ROMERO, 1968)

Crédito: Divulgação/The Walter Reade Organization

 

Na década de 1960, a América do Norte sofria com assassinatos políticos, crimes nas ruas e imagens da Guerra do Vietnã na televisão. Portanto, espectadores ficaram muito impressionados e ligados ao mundo enlouquecido retratado em A Noite dos Mortos-Vivos. No suspense produzido em preto e branco, corpos voltam misteriosamente à vida em um terror agonizante, que introduziu ao mundo a ideia do zumbi moderno.

6. O EXORCISTA (WILLIAM FRIEDKIN, 1973)

Crédito: Getty Images

 

Experiência intensa, a obra O Exorcista exerce grande impacto sobre o público até os dias atuais. Uma das maiores queixas sobre o filme é a maneira como ele relaciona elementos religiosos com um terror grosseiro, em uma interação entre o sagrado e o profano que garante sua universalidade – e a ida de milhões de pessoas nos cinemas, para vê-lo repetidamente durante o inverno de 1973.

7. SUSPIRIA (DARIO ARGENTO, 1977)

Crédito: Divulgação/desconhecido

 

Estrelado por Jessica Harper e Stefania Casini, o filme mistura o terror sobrenatural e um estilo italiano de suspense chamado Giallo. Com edição de fotografia que usa cores vibrantes, artifícios barrocos e imagens surreais, a história se passa em um internato suíço para dançarinos envolvendo bruxaria e assassinatos misteriosos.

8. HALLOWEEN (JOHN CARPENTER, 1978)

Crédito: Divulgação/Compass International Pictures

 

Suspense narra a história de um assassino que retorna à cidade natal para matar jovens locais. Embora não tenha sido o primeiro filme de terror, Halloween marca o auge desse gênero subestimado. O filme de Carpenter foi uma das produções independentes mais bem sucedidas de todos os tempos, influenciando inúmeras obras posteriores.

9. O ILUMINADO (STANLEY KUBRICK, 1980)

Crédito: Divulgação/Warner Bros.

 

Essa adaptação do romance de Stephen King é um grande clássico do cinema de terror. Com a atuação brilhante de Jack Nicholson e imagens gravadas em nossa mente, como a das garotas assustadoras e do pequeno Dani andando de triciclo, o romance conta a história de uma família que vai visitar um hotel mal assombrado nas montanhas do Colorado.

10. O BABADOOK (JENNIFER KENT, 2014)

Crédito: Divulgação/Cinetic Media

 

Filme de terror psicológico, O Babadook conta a história de uma viúva e seu filho que são atormentados por uma entidade do mal. A obra retoma o cinema de terror independente, se utilizando de táticas como ruídos estranhos, sombras em movimento, arranhões e barulhos noturnos. Emoções humanas reais e reconhecíveis são canalizadas nessa obra dramaticamente assustadora.


Saiba mais sobre filmes de terror através dos livros abaixo:

1. Hitchcock: Experiments In Terror, de William C. Martell - https://amzn.to/2WyI02O

2. Frankenstein ou o Prometeu Moderno, de Mary Shelley - https://amzn.to/2NwByFr

3. 21 melhores filmes de terror, de Edições LeBooks - https://amzn.to/2qbKVSY

4. Filmes de Terror: Histórias Verídicas, de Yves Thorn - https://amzn.to/2C0AbcE

5. Exorcismo, de Thomas B. Allen - https://amzn.to/32ZwWOq

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página. ​