Matérias » Personagem

2000, a década que fez Britney Spears mentir que era virgem

Pressionada pela mídia e seguida por paparazzi, a Princesa do Pop recebeu um tratamento maléfico desde o início de sua carreira

Alana Sousa Publicado em 02/05/2021, às 11h00

Trecho do clipe de Toxic, da Britney Spears
Trecho do clipe de Toxic, da Britney Spears - Divulgação/ Youtube

Suas músicas marcaram o mundo, seus videoclipes revolucionaram a indústria musical e seu tratamento pela mídia foi um exemplo de misoginia e perseguição injusta. De muitas formas, Britney Spears ficou conhecida; até hoje, a Princesa do Pop sofre com controvérsias criadas ainda na década de 2000.

Entre seus hits mais famosos estão ‘Toxic’, ‘Hit Me Baby One More Time’, ‘Oops!... I Did it Again’ e ‘If U Seek Amy’. Na longa lista de suas maiores polêmicas está o relacionamento conturbado com Justin Timberlake e a briga na Justiça com seu próprio pai.

Vivendo sob tutela de seu progenitor, Spears luta para encontrar a liberdade e conseguir autonomia pessoal e profissional. Seu pai, Jamie Spears é acusado, dentre muitas coisas, de desperdiçar a fortuna da filha.

Cena deletada do clipe original de Make Me (2016) / Crédito: Divulgação/Britney Spears

 

Ao que parece, Britney já não sabe o que é paz há muitos anos. Desde sua estreia na música, em 1999, a cantora americana se tornou o alvo favorito de paparazzi e manchetes sensacionalistas.

Acusada de trair o também músico, Timberlake, Spears era taxada como uma jovem fútil que, ao envelhecer, não daria conta de criar seus próprios filhos. Mas o que foi abafado era o tratamento desleal e, no mínimo, cruel, que a Princesa do Pop recebia — desde o início.

Uma das maiores controvérsias, que em 2021 é vista com ainda mais pesar, fora a pressão da mídia para que Britney se mantivesse virgem durante a década de 2000. Chegando ao ponto de entrevistadores questionarem a vida íntima da performer.

Perseguição da mídia

As entrevistas eram repletas de constrangimento e invasão de privacidade, fazendo Britney abrir detalhes sobre sua vida sexual como se os telespectadores fizessem parte de seu círculo íntimo de amigos.

A situação chegou a níveis extremos em 2003, quando artista confessou a perda de sua virgindade em entrevista a uma publicação impressa. Conforme foi divulgado pelo portal UOL na época, a conversa aconteceu na edição mensal da revista W.

Pouco antes, em 2002, Justin e Britney tinham acabado de terminar o relacionamento, acompanhado de perto pelos fãs de ambos. O término gerou acusações misteriosas e músicas sobre traição.

Britney Spears e Justin Timberlake em evento público / Crédito: Divulgação

 

Na entrevista polêmica, Spears relembrou o namoro para comentar sobre a virgindade. “Estávamos juntos por tanto tempo e eu tinha essa visão. Pensava que ia passar o resto da minha vida com ele. Da onde eu venho, a mulher é a dona-de-casa e foi assim que eu cresci”, afirmou. Acrescentando que a coisa mais difícil que aconteceu durante os dois anos foi o “fim do namoro”.

Britney finalmente, então, abriu o coração e se mostrou desolada: “Eu só dormi com uma pessoa na minha vida inteira”, disparou. “Isso foi em dois anos de relacionamento com Justin. Eu pensei que ele era o escolhido. Mas eu estava errada!”, finalizou a estrela.

Naquele momento, a garota inocente havia morrido. Nascia outra Britney, ainda mais sexualizada, julgada por todos os seu atos, seguida por onde quer que fosse e condenada sem ao menos uma chance de contar o seu lado da história.


 

+Saiba mais sobre Britney Spears em grandes obras disponíveis na Amazon:

Britney Spears: Menina perdida, por Christopher Heard (2011) - https://amzn.to/3jIcWck

Britney Spears: In Her Own Words Britney Spears, por Peter Jennings (2017) - https://amzn.to/377ly7m

Britney Spears: An Unauthorized Biography, por Alix Strauss (1999) - https://amzn.to/2MYfwPv

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W