Matérias » Personagem

5 fatos sobre Tsutomu Yamaguchi, o homem que sobreviveu às explosões de Hiroshima e Nagasaki

Única pessoa reconhecida oficialmente como sobrevivente dos dois atentados, Yamaguchi viveu uma enorme transformação em sua vida após o trágico episódio

Fabio Previdelli Publicado em 06/08/2020, às 10h29

Montagem com os episódios vividos por Tsutomu
Montagem com os episódios vividos por Tsutomu - Free Commons

Embora a Alemanha nazista tenha assinado o acordo de rendição em 8 de maio de 1945, a Segunda Guerra Mundial ainda não tinha acabado, afinal, a Guerra do Pacífico continuava. Com o apoio de China e Reino Unido, os americanos pediram que as forças japonesas se rendessem na Declaração de Postdam, em julho daquele ano. Caso contrário, o país sofreria uma “destruição rápida e total”.

Infelizmente a ameaça se concretizou em 6 de agosto de 1945, há exatos 75 anos, quando a primeira bomba nuclear da história, a Little Boy, foi lançada na cidade de Hiroshima, matando cerca de 140 mil pessoas, sendo mais de 90% delas civis não combatentes. Estima-se que metade das vítimas morreram no momento da explosão.

Cogumelo radioativo formado sobre Hiroshima / Crédito: Domínio Público

 

Três dias depois, a Fat Man foi jogada sobre Nagasaki deixando a cidade completamente destruída. O ataque, segundo Harry S. Truman, presidente americano na ocasião, foi feito pela “maior e mais poderosa bomba já fabricada em toda a história da humanidade”. Apesar de catastrófica, algumas pessoas sobreviveram ao ataque, mas seria possível uma mesma pessoa escapar com vida dos dois atentados?

Conheça a história de Tsutomu Yamaguchi, única pessoa reconhecida pelo governo japonês por ter sobrevivido às duas bombas atômicas, em cinco fatos:

1. Viagem de negócios

Com apenas 29 anos na época, Yamaguchi estava em uma viagem de trabalho em Hiroshima quando a Little Boy foi lançada por um avião estadunidense. Entre as dezenas de milhares de mortos, Tsutomu sofreu apenas a perfuração do tímpano, teve cegueira temporária e algumas queimaduras de radiação no lado esquerdo da metade superior do corpo.

Ele relata que uma das últimas imagens que lhe vem a cabeça sobre o episódio foi a de ver a imagem de um cogumelo em formação antes de desmaiar. Horas depois, ele foi encaminhado a um abrigo, onde passou a noite e encontrou seus três colegas de trabalho que também sobreviveram à explosão.


2. O segundo choque

Na manhã seguinte, parcialmente recuperado, Yamaguchi e seus colegas foram até a estação de trem e conseguiram comprar passagens para retornar até sua cidade de origem: Nagasaki. Naquela altura, mal sabia o que estava por vir.

Tsutomu Yamaguchi na época da explosão / Crédito: Wikimedia Commons

 

Três dias após o atentado, apesar de ferido, o homem se considerava apto para voltar a trabalhar. Já em sua empresa, explicava o episódio ao seu chefe quando percebeu um clarão que penetrava o céu da cidade. Os americanos haviam lançado a Fat Man. Desta vez, a cerca de 3 quilômetros do marco zero da explosão, ele não se feriu, mas teve febre alta e vomitou várias vezes durante aquela semana.


3. Vida pós atentados

Durante a ocupação aliada no Japão, Yamaguchi trabalhou como tradutor para as forças de ocupação. No início dos anos 1950, ele e sua esposa, que também era sobrevivente do bombardeio atômico de Nagasaki, tiveram duas filhas.

À medida que envelhecia, suas opiniões sobre o uso de armas atômicas começaram a mudar, tornando-se um defensor vocal do desarmamento nuclear. Em uma entrevista para a Military History Magazine, ele declarou: "O motivo pelo qual eu odeio a bomba atômica é o que ela faz com a dignidade dos seres humanos". Falando com sua filha durante uma entrevista por telefone, ele disse: "Não consigo entender por que o mundo não consegue entender a agonia das bombas nucleares. Como elas podem continuar desenvolvendo essas armas?".


4. Reconhecimento tardio

A princípio, Tsutomu não sentiu a necessidade de relatar que superara as duas grandes explosões. No entanto, mais tarde em sua vida, começou a considerar sua sobrevivência como algo do destino. Assim, em janeiro de 2009, solicitou ao governo japonês que fosse reconhecido como duplo sobrevivente da tragédia.

Cerca de dois meses depois, Yamaguchi, na ocasião com 92 anos, se tornou a única pessoa reconhecida oficialmente como sobrevivente dos dois atentados. Sobre a certificação ele comentou: "Minha dupla exposição à radiação é agora um registro oficial do governo. Agora podem contar à geração mais jovem a história horrível dos bombardeios atômicos, mesmo depois que eu morrer".


5. O fim da vida

Além da perda da audição do ouvido esquerdo e da cegueira temporária, Tsutomu também ficou careca temporariamente e sua filha lembra que ele teve que usar ataduras até que ela completasse 12 anos de idade.

Tsutomu Yamaguchi aos 92 anos / Crédito: Wikimedia Commons

 

Apesar disso, Yamaguchi continuou levando uma vida considerada saudável. Entretanto, como o passar do tempo, começou a sofre de doenças relacionas à radiação: como a catarata e a leucemia aguda. Em 2009, descobriu que tinha pouco tempo de vida devido a um câncer no estômago. O último suspiro de Tsutomu foi em 4 de janeiro de 2010, quando tinha 93 anos.


+Saiba mais sobre a Segunda Guerra Mundial por meio de grandes obras disponíveis na Amazon Brasil:

Box Memórias da Segunda Guerra Mundial, de Winston Churchill (2019) - https://amzn.to/2JWtKex

A Segunda Guerra Mundial, de Antony Beevor (2015) - https://amzn.to/2Rr2xFa

A Segunda Guerra Mundial: Os 2.174 dias que mudaram o mundo, de Martin Gilbert (2014) - https://amzn.to/34DnO3T

Os mitos da Segunda Guerra Mundial, de Vários Autores (2020) - https://amzn.to/2VdiMXa

Continente selvagem: O caos na Europa depois da Segunda Guerra Mundial, de Keith Lowe (2017) - https://amzn.to/2RqF32D

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W