Matérias » Ditadura Militar

5 manchetes de jornais que noticiaram o decreto do AI-5

Com a emissão do Ato Institucional Nº 5, o Brasil entrava nos anos de chumbo da ditadura militar

Pamela Malva Publicado em 13/12/2019, às 00h00

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa - Getty Images

Uma das medidas do governo militar que somou a violência à equação já complicada da ditadura foi o Ato Institucional Nº 5. Emitido por Artur da Costa e Silva em dezembro de 1968, o AI-5 foi o mais duro de todos os dezessete decretos.

No dia seguinte à sua emissão, tomou conta das capas de diversos jornais. Os veículos, por sua vez, tentavam explicar ao povo o que aconteceria com o novo decreto em vigor. Mal sabiam eles que, a partir daquele momento, muita censura, tortura e violência estavam prestes a ocorrer.

Confira como a mídia nacional noticiou o Ato Institucional após a sua emissão.

1. Diário de S. Paulo

Logo no dia seguinte ao decreto, o Diário de São Paulo, que circula desde 1884, noticiou o recesso do Congresso Nacional. O AI-5 dava ao presidente a autoridade para decidir pelo fechamento do órgão por tempo indeterminado.

Capa do jornal Diário de S. Paulo / Crédito: Reprodução/Diário de S. Paulo

 

2. O Estado de S. Paulo

“Estado e apreendido” foi uma das manchetes usadas pelo Estadão no dia seguinte ao AI-5. Outro foco da capa foi, assim como o anterior, o recesso do Congresso.

Capa do jornal O Estado de S. Paulo / Crédito: Reprodução/O Estado de S. Paulo

 

3. Folha de S. Paulo

Entre outras manchetes importantes noticiadas naquele sábado, a Folha anunciou que o governo baixava mais um Ato e, na linha fina, pontuou o decreto do Ato Complementar, que fechou o Congresso e não estipulou qualquer prazo para a reabertura.

Capa do jornal Folha de S. Paulo / Crédito: Reprodução/Folha de S. Paulo

 

4. Jornal do Brasil

Veiculado no Rio de Janeiro, o Jornal do Brasil separou uma grande parte de sua capa para explicar o AI-5 e suas consequências. O veículo citou o recesso por tempo ilimitado do Congresso e anunciou: “tradição que se renova”.

Capa do Jornal do Brasil / Crédito: Reprodução/Jornal do Brasil

 

5. O Globo

Outro jornal do Rio, O Globo foi mais didático quanto ao Ato e pontuou tudo que poderia acontecer a partir de seu decreto. De forma ainda mais direta, o veículo decidiu por imprimir o texto do decreto na íntegra.

Capa do jornal O Globo/ Crédito: Reprodução/O Globo

 


+Saiba mais sobre a Ditadura Militar Brasileira com os livros abaixo

Ditadura à brasileira, Marco Antonio Villa (2014)

link - https://amzn.to/2RKUmEz

1964, Marcos Napolitano (2014)

link - https://amzn.to/2RLCmKg

1964, Angela de Castro Gomes (2014)

link - https://amzn.to/2Eo2kvz

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.