Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Matérias / Personagem

7 quartos e 9 banheiros: A luxuosa mansão de Roberto Bolanõs

Avaliada em 2 milhões de dólares, mansão onde viveu Roberto Bolanõs, o eterno Chaves, é marcada por excentricidades e mitos

Fabio Previdelli | @fabioprevidelli_ Publicado em 18/06/2022, às 00h00

Residência de Roberto Gómez Bolaños - Divulgação/ Imobiliária Berkshire Hathaway e Televisa
Residência de Roberto Gómez Bolaños - Divulgação/ Imobiliária Berkshire Hathaway e Televisa

Icônico seriado da televisão mexicana, ‘Chaves’ se tornou muito popular no Brasil após ser exibido pelo SBT em 1984. Ao todo, 312 episódios da produção foram gravados, sendo distribuídos em 7 anos — entre 26 de fevereiro de 1973 e 7 de janeiro de 1980.

Por conta de sua simplicidade e seus personagens excêntricos, o programa fez enorme sucesso em terras tupiniquins, sendo exibido por aqui por cerca de 36 anos, só deixando de passar na TV em meados de 2020, por conta de uma disputa judicial envolvendo a família de Roberto Bolaños.

Na ficção, Chaves passava a maior parte de seu tempo em um barril, o que fez com que muitos pensassem que aquela era sua verdadeira residência. Entretanto, o menino morava na casa número 8 da vila, que nunca foi mostrada de fato. 

A turma do Chaves/ Crédito: Televisa

O número da casa de Chaves, como aponta matéria publicada pela equipe do site do Aventuras na História, tem relação com a mudança de canal onde o programa era exibido. Saiba mais clicando aqui!

Apesar de ser um garoto humilde no seriado, Roberto Bolaños gozava de uma vida completamente diferente por trás das câmeras; visto que o protagonista viveu até seus últimos dias em uma residência avaliada em mais de 10 milhões de reais. 

A Mansão de Chaves

Roberto Bolaños faleceu em 28 de novembro de 2014, aos 85 anos, em decorrência de uma parada cardíaca. Até seus últimos dias, o intérprete de Chaves e do Chapolin Colorado viveu em uma mansão altamente luxuosa em Cancún. 

Situada no condomínio residencial náutico de Isla Dorada, uma das regiões mais exclusivas de Cancún, a mansão Villa Florinda — uma homenagem clara à Florinda Meza, atriz que deu vida a Dona Florinda e que foi casada com Bolaños de 2004 até sua morte — possui um estilo neoclássico hispano-mexicano e está avaliada em cerca de 2 milhões de dólares (pouco mais de R$10 milhões). Bolaños viveu no local por 25 anos, 

Villa Florinda, onde Bolanõs viveu/ Crédito: Divulgação/ Imobiliária Berkshire Hathaway

Com mais de dois mil metros quadrados de extensão, sendo um pouco mais da metade de área construída, a luxuosa mansão se destaca por sua extravagância, afinal, o espaço conta com sete quartos, nove banheiros, cozinha, sala de estar e de jantar, bar, academia e até mesmo um spa. Já do lado de fora há ainda uma quadra de tênis, uma piscina e um imenso jardim. 

O local também é decorado por quadros pintados por Francisco Gomez Linare, pai de Bolanõs, "um dos artistas mais cobiçados de sua época", segundo classificado por Florinda ao apresentador Augusto Liberato, o Gugu, que visitou o imóvel em 2017. A mãe de Roberto, Elsa Bolaños Cacho, também era pintora e suas obras ajudam a enfeitar o local. 

Florinda Meza mostrando para Gugu um quadro pintado pelo pai de Bolaños/ Crédito: YouTube/RecordTV

Na área externa, conforme mostrou o programa, havia também um anexo que abrigava a suíte de Horácio Gómez Bolanõs, irmão do intérprete do Chaves. Por nome, muitos podem até não conhecê-lo, mas com certeza todos sabem quem é Godinez, personagem que ele deu vida durante alguns episódios da série.

Depois de sua morte, a mansão foi deixada para Florinda, viúva do ator, e para os seis filhos de Roberto, oriundos do seu primeiro casamento com Graciela Fernández, com quem esteve junto entre 1968 e 1989. 

Fama de mal assombrada? 

Por ser o local onde Roberto Bolanõs faleceu, além de seu custo extremamente elevado, Florinda e os filhos do ator resolveram vender a propriedade. Entretanto, alguns veículos locais apontam que estes não foram os principais motivos para a iniciativa. 

Casa onde Bolanõs viveu/ Crédito: Divulgação/ Imobiliária Berkshire Hathaway

A casa onde viveu ‘Chaves’ fica na esquina da Rua Sacramento com a Eje 6 Sur, no bairro Insurgentes, zona sul da capital. De acordo com o jornal Clarín, há muitos relatos de pessoas que ouviram ruídos estranhos vindos do local, como vozes desconhecidas e barulhos de portas abrindo e fechando. 

Alguns vizinhos, além do mais, chegaram a dizer que viram algumas sombras no imóvel, como fantasmas, que se assemelham com a silhueta de Bolanõs. Por esse motivo, Florinda havia decidido reduzir drasticamente o preço do imóvel para venda — de U$S 2 milhões para 1.450.000 de dólares. Entretanto, até hoje, a propriedade nunca encontrou um comprador.